Maré Chocolate - Tablete - Raphael Peres

Cacau, adoçante natural e manteiga de cacau. Essa é a receita simples, e nada secreta, da Maré Chocolate, marca recém-lançada no Rio de Janeiro e que tem como propósito o bem-estar. A nova empreitada é fruto de uma busca dos cariocas Roberto S. Maciel e Maruska Gemelli Maciel de oferecer um alimento saudável e que, ao mesmo tempo, impactasse positivamente para um mundo mais consciente. Com uma linha de tabletes de chocolates 100% naturais e feitos à base de plantas – sem glúten, leite, soja ou açúcar branco refinado – a Maré Chocolate promete trazer inclusão e saudabilidade à mesa dos chocólatras.

Outro pilar da fábrica de chocolates é a produção bean-to-bar, ou seja, do grão ao tablete, que assegura a qualidade e o sabor do cacau. O fruto é cultivado no Sul da Bahia pelo método cabruca – um sistema agroflorestal que preserva a Mata Atlântica nativa. Cada lote do cacau é analisado pelo CIC (Centro de Inovação do Cacau), órgão que garante a qualidade da matéria-prima. Após essa avaliação, o cacau recebe o selo IG, de Indicação Geográfica de Cacau do Sul da Bahia, e um QRcode, indicando a origem (rastreabilidade) e apresentando informações técnicas daquele lote.

Vale ressaltar que a Maré Chocolate foi a primeira marca de chocolates, fora de região de Ilhéus, a receber esse selo IG – que garante não só a qualidade da matéria-prima, como também a qualidade de vida dos trabalhadores na roça, o comércio justo e o respeito ao meio-ambiente. Além disso, o cacau utilizado na pequena fábrica ainda conta com o certificado orgânico da ECOCERT.

Queremos garantir que todas as etapas da produção tenham um comércio justo e saudável. A diversidade de culturas cultivadas na agroflorestal propicia solo mais fértil e produtivo, maximizando o retorno financeiro e minimizando a dependência das famílias de uma única cultura. Com isso, existe colheita e fonte de renda para todo o ano. Pagamos um valor alto para ter acesso a um cacau orgânico e de maior qualidade por entendermos que o cuidado em cada etapa do cultivo, da fermentação a secagem, demanda muita habilidade e esforço físico”, explica Roberto Maciel.

A fábrica conta com uma produção slow food. Ali ocorre a seleção manual das amêndoas de cacau, para que só as melhores sigam para o processo de torra, em baixa temperatura, para trabalhar os aromas do cacau, sem trazer amargor ao chocolate. Em seguida, o cacau é triturado – as cascas das amêndoas de cacau são usadas para fazer uma infusão aromática e os nibs seguem o processo para virar chocolate. O moinho de granito rosa é um diferencial da marca, porque além de manter a temperatura da massa a 41ºC, preservando as propriedades naturais do cacau, confere ao chocolate textura e sabores únicos. O que torna esta etapa pouco atrativa para as grandes indústrias de chocolate é a demora no processo, que dura em torno de três dias, para se chegar ao ponto esperado do chocolate. Depois de descarregar o chocolate manualmente do moinho de pedras, o chocolate é temperado, enformado e passa por um túnel de ar frio antes de ser desenformado e embalado manualmente.

Atualmente, a marca conta com dez produtos na sua linha, entre tabletes de 80g, chocolates de 1kg para FoodService, nibs de cacau e cascas das amêndoas de cacau para infusão. Entre os sabores em destaques está o Chocolate 65% com Sal do Himalaia (R$ 18,90 – 80g), o Chocolate 72% Adoçado com Maçã (R$ 20,90 – 80g), o Chocolate 81% com Açúcar de Coco (R$ 19,90 – 80g) e Chocolate 72% comCumaru (R$ 20,90 – 80g) – assinado pelo chef Renato Caleffi, do Le Manjue. A Maré Chocolate foi a primeira fábrica de chocolates a adoçar tabletes com maçã, oferecendo chocolates produzidos a partir de dois frutos. Seus produtos estão à venda na sua loja virtual, com entregas para todo o Brasil, e também em mais de 100 pontos de vendas no eixo Rio x São Paulo e em demais regiões.

Nosso chocolate não é só um doce. É um alimento. Além de ser delicioso e fazer bem à saúde (com ingredientes e processos adequados), ele preserva as florestas e garante o sustento das famílias que vivem da agricultura”, explica Roberto.

Serviço Maré Chocolate:
Endereço: Av. dos Democráticos, 1998 – Bonsucesso, Rio de Janeiro – RJ,
site


Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui