Jimmy Pereira e Cláudio Castro - Foto: Reprodução/Internet

O ex-vereador do Rio de Janeiro Jimmy Pereira é o novo presidente da Fundação Leão XIII, instituição vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSODH) que tem como objetivo proporcionar assistência a pessoas de baixa renda, especialmente aos residentes em favelas, conjuntos habitacionais e localidades periféricas fluminenses.

Sua nomeação, assinada pelo governador Cláudio Castro (PL), foi publicada no Diário Oficial na última terça-feira (24/08).

Vale ressaltar que Jimmy, atualmente filiado ao PROS, presidiu o PRTB entre 2008 e 2011 e, em 2018, acabou sendo condenado por não prestar contas dos gastos eleitorais do referido partido no Rio.

”Sentença esta que já expirou e que não impede a nomeação de Jimmy Sandro Pereira de Souza em qualquer cargo público”, se manifestou a Fundação Leão XIII por meio de nota oficial.

Além de Jimmy, a própria Fundação Leão XIII também é alvo da Justiça. Uma investigação do Ministério Público apura supostas fraudes cometidas em licitações, num prejuízo que pode chegar a R$ 66 milhões aos cofres públicos.

O próprio governador Cláudio Castro teve seu nome citado em uma delação premiada quando era vice-governador e tinha a fundação subordinada a ele. Na ocasião, um empresário disse que Castro havia recebido R$ 100 mil em propina da Servlog e que a empresa pagava vantagens ilícitas em troca de contratos com a Leão XIII. O governador, porém, nega as acusações.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui