Manifestação da PM Além do carro alegórico da Viradouro, outro tema desta semana é a manifestação que membros da Polícia Militar do Rio de Janeiro fizeram este fim de semana contra os baixo salários da corporação e a equiparação do salário com o recebido pela Polícia Civil (e olha que estes fazem greve por melhores salários). Tal manifestação irritou profundamente o governador Sergio Cabral, que afastou os oficiais de suas funções e hoje exonerou o comandante da PM, Coronel Ubiratan Âneglo.  Semana passada também foi exonerado o corregedor da PM por ter falado em seu blog que uma das razões da corrupção do policial é o baixo salário.

O corregedor foi bem exonerado, afinal, é ele o responsável por julgar administrativamente exatamente este tipo de caso. E como já disse aqui no Diário do Rio, baixo salário não é razão para corrupção, se eles recebessem R$ 10 000 por mês, ainda assim seriam corruptos! Podia não ser por R$ 5,00, mas seriam por R$ 500,00. O baixo salário pode ser uma razão para prestar um serviço ruim, fazer bicos, já que faltaria motivação.

Agora afastar oficiais por reclamar do salário, isso é um absurdo! No Rio de Janeiro os PMs são um dos mais mal pagos do país e não adianta esconder. E os policiais tem razão para estarem insatisfeitos. Mas o Governador Sergio Cabral tentar acabar com isso na marra, é um atitude um tanto ditatorial.

Agora, afastar policial por ser desonesto que é bom, nada…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui