ALERJ por Ana PintaOs deputados recém-eleitos para Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ) já começam a discutir a futura divisão de poderes. E o debate não é exatamente para o melhor sobre o Rio de Janeiro e sim quem vai ficar com cada fatia de um orçamento maior que o de Angra, a ALERJ tem por ano R$ 530 milhões, com seus 3.100 funcionários, e Angra dos Reis, com seus 168,6 mil moradores, orçamento de R$ 494,7 milhões.

Matéria do Extra Online (aconselho todos a lerem) mostra a disputa tanto pela presidência da casa, que era de Picciani e antes de Sergio Cabral, até a secretaria de controle de frota, já que cada deputado tem direito R$ 2.700,00 por mês de gasolina. Além de vários outros “cargos” com direito a verba e livre nomeação.

 

A briga para decidir o presidente também não vai ser fácil. Se na eleição anterior o domínio do PMDB era claro, agora com a ampla vitória do PDT com 11 cadeiras, além do PR de Clarissa Garotinho, vai precisar de muito jogo de cintura…

 

Vamos torcer para que nesta legislatura que vai entrar a imprensa fique com o olho mais aberto.

 

Foto: ALERJ por Ana Pinta

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui