Museu do Amanhã - Foto: Alexandre Macieira

Nas últimas semanas, o carioca, habituado ao sol e ao calor do Rio de Janeiro, precisou tirar os casacos do armário com as baixas temperaturas do inverno. Não é segredo para ninguém que o Rio está repleto de opções de lazer para os dias de sol, mas e no inverno? Pensando nisso, o DIÁRIO DO RIO selecionou 10 opções de coisas para se fazer na Cidade Maravilhosa cuja experiência é igualmente incrível no frio. Confira!

VISITAR OS BARES DA LAPA

Lapa é um dos principais polos gastronômicos do Rio – Foto Cleomir Tavares/Diário do Rio

Mesmo no frio, os muitos bares da Lapa são uma ótima opção de lazer. A variedade é grande, tem para todos os gostos, independente do gosto musical ou do estilo que prefira. Um verdadeiro polo gastronômico, seja no calor ou no inverno, a região é uma boa pedida para reunir os amigos.

VISITAR O AQUARIO

Tubarões do AquaRio - Foto: Alexandre Macieira
Foto: Alexandre Macieira

Localizado na Zona Central da Cidade Maravilhosa está o AquaRio, referência por ser o maior aquário marinho da América do Sul. Com 26 mil m² de área construída e 4,5 milhões de litros d’água, a atração turística possui 5 mil moradores de 350 espécies do Brasil e do mundo, divididos em 28 recintos.

A venda de ingressos é feita com hora marcada através do site do AquaRio.

FAZER UM TOUR PELOS ESTÁDIOS DO RIO

Parte externa do Maracanã – Foto Cleomir Tavares/Diário do Rio

Tanto o Estádio Nilton Santos, São Januário e o Maracanã possuem uma opção de visita na qual é possível conhecer o espaço fora do horário de um jogo, podendo por exemplo ir até a sala de troféus.

No Nilton Santos, o tour está temporariamente suspenso devido à pandemia, mas a visita ao Maracanã e o chamado “Tour pela Colina Histórica” estão disponíveis, mesmo que com algumas restrições de quantidade de pessoas, por exemplo, para evitar aglomerações. Aos amantes do futebol, o tour é uma ótima pedida.

VISITAR A ESCADARIA SELARON

Escadaria Selarón, na Lapa (Foto: Valdimiro Ragazzini)

Famoso ponto turístico, a Escadaria Selarón fica entre a rua Joaquim Silva, na Lapa, e a rua Pinto Martins, no bairro de Santa Teresa, localizada a apenas cinco minutos dos Arcos da Lapa. Obra do artista plástico chileno Jorge Selarón, o local reúne diversos azulejos de várias partes do Brasil e do mundo.

Toda colorida, a escada já foi cenário de clipes de estrelas internacionais, além de ser um local que garante ótimas fotos, super instagramável.

VISITAR O THEATRO MUNICIPAL

Theatro Municipal do Rio de Janeiro – Foto: Pexels

O Theatro Municipal do Rio de Janeiro (TMRJ) disponibiliza ao público a opção de fazer visitas guiadas. O tour começa pela avenida Rio Branco, onde as pessoas conhecem o Salão Assirius, passando, em seguida, pelas principais áreas do teatro, incluindo a sala de espetáculos e camarotes, que não eram contemplados no período pré-pandemia.

Os bilhetes têm preços de R$ 20 a inteira e R$ 10 a meia-entrada. A visita pode ser agendada pelo telefone (21) 2332-9227 ou no e-mail visitaguiada.tmrj@gmail.com.

IR À FEIRA DE SÃO CRISTÓVÃO

Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas – Foto Cleomir Tavares/Diário do Rio

O Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas é um dos polos comerciais e culturais mais conhecidos do Rio de Janeiro. Localizada na Zona Norte, a feira tem aproximadamente 700 barracas e 200 restaurantes com produtos típicos do norte e nordeste. Outra característica do local é o forró pé de serra, que é tocado nos palcos por diversos trios e bandas regionais nordestinas.

CONHECER O BONDE DE SANTA TERESA

Bonde de Santa Teresa (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Famosos, os bondes de Santa Teresa ligam o Centro do Rio ao bairro de Santa Teresa. Mais que um meio de transporte real para moradores do bairro, os bondes são uma atração da cidade, fazem parte do cenário local e tornaram-se, inclusive, cartão-postal, atraindo muitos turistas.

Para fazer o passeio, é possível embarcar em algum ponto de parada do bonde Santa ou no centro na estação final.

VISITAR A BIBLIOTECA NACIONAL

Biblioteca Nacional – Foto: Divulgação

Além de seu extenso acervo, a Biblioteca Nacional se destaca também pela arquitetura imponente, pelas salas monumentais e por suas obras de arte. No tour, o visitante conhece o interior do prédio histórico, inaugurado em 1910. Durante a semana, é possível visualizar o interior das salas de leitura através de portas blindex. O acesso ao interior das mesmas é exclusivo para os pesquisadores em consulta ao acervo, desde que devidamente registrados. Excepcionalmente aos sábados, é possível visualizar apenas as salas do segundo piso – Obras Gerais e Periódicos.

A visita orientada pelo local é gratuita e pode ser realizada de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h.

VISITAR O REAL GABINETE PORTUGUÊS

Foto: Mayumi Ishikawa

Com uma arquitetura belíssima, Real Gabinete Português de Leitura é uma das mais lindas bibliotecas do mundo. Com sua imponente fachada, seu impressionante salão de leitura e todos os detalhes do edifício, o espaço encanta tanto os turistas quanto os visitantes cariocas .

O Real Gabinete está aberto à visitação em dias úteis, de 10h às 16h, com entrada gratuita. 

CONHECER OS DIVERSOS MUSEUS DO RIO

CCBB RJ – Foto: Reprodução Internet

O passeio mais clássico dos dias frios não poderia ficar de fora desta lista. O Rio de Janeiro possui diversos museus, em pontos diferentes da cidade e para gostos variados.

Seja o turístico Museu do Amanhã ou quaisquer dos outros centros culturais que o Rio de Janeiro abriga, o passeio ao museu é uma opção prática para os dias com temperaturas mais baixas ou até mesmo os chuvosos, garantindo muita arte e cultura.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui