Obras na Ciclovia Tim Maia, na Barra da Tijuca, são concluídas

O novo guarda-corpo é feito de vibra de vidro e não possui valor comercial, mas é sustentável e reciclável

Foto: Divulgação

Nesta quarta-feira, (29/06), a Prefeitura do Rio concluiu obras de recuperação do guarda-corpo da Ciclovia Tim Maia, no trecho São Conrado, na Barra da Tijuca. O serviço foi executado ao longo de 5,6km com custo total de R$4 milhões.

Nos últimos anos, as grades de proteção da Ciclovia Tim Maia foram vandalizadas em diferentes trechos. A Secretaria Municipal de Infraestrutura realizou a substituição de parte do antigo guarda-corpo, feito de alumínio, por barras de polímero reforçadas com fibra de vidro, um material sem valor comercial, mas sustentável, de alta resistência e anticorrosivo.

A fibra de vidro é uma ótima alternativa para proteger o meio ambiente por ser desenvolvida com recursos sustentáveis. Sua fabricação passa por processos simples, sem gerar resíduos prejudiciais ao meio ambiente, algo muito benéfico em todo esse contexto de sustentabilidade.

Inicialmente, as obras estavam previstas para terminarem fevereiro deste ano, mas por conta da pandemia de Covid-19 houve demora na entrega da matéria prima vinda da China, responsável pela confecção do guardo-corpo.

O subprefeito da Zona Sul, Flávio Valle, juntamente à secretária de Infraestrutura, Jessica Trairi e ao subprefeito da Barra da Tijuca, Raphael Lima, inauguraram a reabertura do trecho. “As obras, além de garantirem a conservação da ciclovia, também vão proporcionar mais segurança para os usuários. O local sofria com furtos e agora recebe esse material sem valor comercial”, conta Flavio Valle.

Foto: Divulgação

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui