Roberto Medina, fundador do Rock in Rio - Foto: Reprodução

Originalmente agendado para acontecer nos dias 24, 25, 26 e 30 de setembro e 01, 02 e 03 de outubro, o Rock in Rio 2021, por ora ainda marcado para as referidas datas, deve ter uma definição oficial até abril para saber se realmente será realizado ou se terá que ser adiado. A informação é do jornalista Lauro Jardim, do ”O Globo”.

Vale lembrar que, logo após o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciar, no dia 21/01, que o Carnaval na cidade não poderia ocorrer em julho, como estava inicialmente previsto, devido ao momento de pandemia que ainda estamos vivendo, a organização do Rock in Rio, em contato exclusivo com o DIÁRIO DO RIO, afirmou que, até então, não havia nenhuma mudança nos planos em relação à realização do festival e que, por isso, o evento estava mantido para as datas inicialmente agendadas.

No entanto, tudo depende de como estará o controle da proliferação da Covid-19 até lá. O início do processo de vacinação, vale ressaltar, é um alento para que o festival siga mantido para seu período original.

Até o momento, o Rock in Rio 2021 só tem uma data com atrações confirmadas. Trata-se do dia 24/09 (sexta-feira), estreia do festival, que terá Iron Maiden, Megadeth, Dream Theater e Sepultura + Orquestra Sinfônica Brasileira no Palco Mundo e Steve Vai + Living Colour encerrando a noite no Palco Sunset

Já em relação a cogitações para também integrar o line-up do festival, nomes como Post Malone, Red Hot Chili Peppers, Queen e DJ Marshmello já foram especulados, embora nenhum deles ainda com confirmação.

1 COMENTÁRIO

  1. Extremamente infeliz a atitude de manter a realização do festival para este ano, diante do cenário que estamos vivendo… Querer tampar o sol com a peneira.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui