Foto enviada pelo Movimento Baía Viva

No centro de Conservatória, município de Valença, Sul do estado do Rio de Janeiro, neste sábado, 11/07, uma onça pintada morreu eletrocutada. O animal subiu em um poste, levou um choque e acabou morrendo.

A triste cena aconteceu na rua do cemitério, antes da capela. Trata-se de uma área conhecida e de muito movimento de moradores e frequentadores da região.

Foto enviada pelo Movimento Baía Viva

Tem sido bastante comum, em tempos de quarentena e menos pessoas nas ruas, a presença de animais desfilando por centros urbanos. O DIÁRIO DO RIO publicou uma matéria sobre.

“Com a pandemia, os bichos estão indo para cidade provavelmente em busca de alimento devido à perda do seu território original”, se posiciona o Movimento Baía Viva.

Ainda segundo os ambientalistas do Baía Viva, no Brasil, o estado do Rio de Janeiro foi o que mais desmatou o Bioma Mata Atlântica, que está reduzido a apenas de 9 a 12% atualmente. No passado, a Floresta Tropical Atlântica se estendia dos estados do Rio Grande do Norte ao Rio Grande do Sul.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

42 COMENTÁRIOS

  1. Me revolta a quantidade de desinformação.
    Não acreditem eM nada que foi dito nos comentários e muito menos na própria matéria do site.

    Não é onça; não é pantera.
    Jagutirica não é panthera

  2. Não é uma onça pintada. É um gato-do-mato-grande, mais comum perto de área urbana. É identificável pelas estrias longas na altura do pescoço.

  3. Moro em Conservatória, fato aconteceu aqui em um local conhecido como Formigueiro. Foi em 08/07,não em 11/07 como foi publicado.
    Outra coisa, era uma JAGUATIRICA e não uma ONÇA PINTADA!

  4. Não é espécie onça pintada , e sim jaguatirica ( ocelote) , se subiu no poste foi porque não encontrou outra forma de fugir de alguma ameaça , cães etc , deveria ser maus arborizaso o local aí poderia ter subido em uma árvore ?. Pelo jeito não preservam as árvores , sequer nas cidades qto mais a Mata Atlântica .

  5. Há um erro muito grave na reportagem, não se trata de onça pintada (Panthera onca), mas sim de uma Jaguatirica (Leopardus pardalis), uma espécie de felino muito menor que a onça. Apesar da possibilidade da ocorrência no estado do Rio de Janeiro, percebe-se que se trata de uma Jaguatirica, pelo padrão de cores das pintas e as listas longitudinais no pescoço e na lateral do animal. Outro aspecto é o tamanho, uma onça pintada, a não ser um filhote, jamais teria esse tamanho.

  6. É uma jaguatirica…
    Uma onça com certeza tem um poder letal…e caso fosse uma onça…realmente seria mais risco para crianças ..
    Veja as listras na parte traseira da cabeça…é uma jaguatirica.
    Onça tem porte maior…e é toda pintada…

  7. Moro em Conservatória, isso aconteceu dia 08/07/20,não 11/07/20 como foi publicado. Outra coisa era uma JAGUATIRICA, não uma ONÇA PINTADA!
    Ela esta

  8. O animal só sobe no alto quando está fugindo.
    Dito isso, é muito provável que pessoas (em grupo ou não), ou cães, tenham ido atrás do animal quando estava na rua que, assustado, tentou fugir.
    Logo, precisa ser investigado e punido caso o resultado tenha sido consequência da ação humana.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui