Sérgio Cabral

O Rio de Janeiro não tem mais governador, nem vice, nem segurança pública. Abro os sites de notícia novamente após um dia de descanso com Sol e está lá, Praias tem Arrastão! Algo que não lia há anos vem se repetindo de uma forma que os carioca vem ficando mais e mais apreensivos, ao ponto de ler na minha timeline no Facebook pessoas dizendo que vão evitar as praias nos próximos dias.

O que parece sobrar quando se trata de bater em professor e manifestante, falta para dar segurança aos banhistas. Repare que não critiquei o governo do Estado pelos primeiros arrastões, não era esperado, acontece, ok. Mas e agora? Será que não daria para colocar alguns homens na orla? É tão difícil?

E não apenas aí que vem mostrando uma falta de força do governo do Estado, a Praça Seca vem sofrendo tiroteios por semana. O blog Noticias Rio Brasil faz um bom acompanhamento do que acontece na região, tem a briga dos milicianos com traficantes, tem um Batalhão da PM que diz não estar acontecendo nada mesmo com todos escutando o barulho do tiroteio. Mas ali não lemos nada na grande imprensa.

E não vamos nem falar de Amarildos, de algumas UPPs fazendo água. A impressão é que depois que a popularidade de Sérgio Cabral (PMDB) fez água ele desistiu de governar e seus secretários e assessores também. Talvez ele pudesse antecipar a renúncia, mas pensando bem, Pezão (PMDB) está fazendo campanha e não vai querer governar.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui