Foto: Ricardo Cassiano

As marcações feitas pelas empresas e as novas regras da prefeitura para conter aglomerações no transporte público começam a valer a partir desta quinta-feira (09/07). Cada ônibus convencional só poderá transportar, em média, 12 passageiros em pé. Em situações normais, cabem cerca de 40 a 45 pessoas nos corredores dos veículos. Os articulados do BRT, que em casos de normalidade têm espaço para até 120 pessoas em pé, deverão levar entre 24 e 30. A variação, nos dois casos, pode ocorrer em função do modelo e tamanho do dos coletivos.

Segundo as regras da prefeitura os coletivos deverão respeitar o limite de duas pessoas em pé, por metro quadrado. Para isso, tiveram de pintar no piso a marcação indicando o espaço destinado a esses passageiros. O prazo para fazer a pintura ou colcar um selo termina nesta quarta-feira. A partir daí, as que não cumpriram a medida estão sujeitas a multa no valor de R$ 924, 38. A prefeitura diz que fará fiscalização, mas motoristas e passageiros não acreditam que a norma será respeitada. Alguns rodoviários temem que a responsabilidade por manter o controle seja deles.

O subsecretário municipal de Transportes, Allan Borges, garante que os motoristas não terão essa atribuição. A Secretaria municipal de Transportes recomendou, por meio de nota, que os rodoviários que se sintam ameaçados por passageiros que descumprirem os protocolos sanitários peçam ajuda à Guarda Municipal e à Polícia Militar.

“Quero deixar registrado que não é papel do motorista e a secretaria sob hipótese alguma orienta que ele tenha o papel de polícia. Muito pelo contrário. Por isso, nossos fiscais estão de maneira itinerante e permanente em algumas estações mais tensas do BRT e pontos de transbordo de modal para orientar a população, fiscalizar os ônibus e, os que não tiverem a partir de amanhã as marcações para que a população tenha sua posição marcada e não se confunda sobre como se posicionar dentro do ônibus, serão realmente passíveis de multa, disse o subsecretário em entrevista a TV Globo.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.



Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui