Operação da Polícia Civil fiscaliza ferros-velhos na Zona Norte do Rio

Até o momento, quatro estabelecimentos foram interditados e quatro pessoas foram presas

Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira, (09/06), a Polícia Civil realiza mais uma operação da força-tarefa contra ferros-velhos que fomentam o roubo no Rio. Dez estabelecimentos na Tijuca, Praça da Bandeira, Maracanã, Vila Isabel e São Cristóvão, bairros da Zona Norte do Rio, são alvos da operação.

Os ferros-velhos são identificados como os possíveis fornecedores das grandes recicladoras, que obtém materiais roubados das empresas de prestação de serviço público, além de estarem nas áreas de maior incidência desse tipo de crime.

Até o momento, quatro estabelecimentos foram interditados e quatro pessoas foram presas.

O delegado titular da Delegacia de Roubos e Furtos, Luiz Henrique Marques Pereira, afirma, ao jornal O DIA, que a operação foi criada com objetivo de fiscalizar ferro-velho e recicladores. “A Polícia Civil fiscalizou 10 endereços e além da existência de produtos furtados, também vamos investigar ligação clandestina de energia elétrica, água e crimes ambientais. Vamos também verificar os documentos de cada estabelecimento”.

A Polícia Civil alega que essas operações tem como objetivo acabar com a cadeia criminosa de roubo de cabos de cobre e demais equipamentos das concessionárias, como baterias estacionárias, cabos de fibra ótica, materiais de ferrovias geradores, transformadores e placas metálicas.

A operação é fruto de investigações conjunta da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), com o apoio da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD), Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), delegacias do Departamento-Geral de Polícia Especializada (DGPE), Departamento-Geral de Polícia da Baixada (DGPB), Departamento-Geral de Polícia da Capital (DGPC), Peritos do ICCE e de informações do Disque-Denúncia.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui