Foto: Reprodução/Internet

A sensação de que a vida do caxiense não é importante para seu governante nunca foi tão nítida como nesta segunda-feira (25/05). O prefeito Washington Reis (MDB) autorizou lojistas a reabrirem o comércio com a determinação de que tenham os cuidados adequados à proteção de clientes e funcionários. Com isso, o que já seguia funcionando de forma informal em sua maioria e sem nenhuma fiscalização da Prefeitura, voltará com força total.

O decreto publicado foi na última sexta-feira (22/05). A norma ainda determina que as empresas de ônibus mantenham 50% da frota na rua para e permitirá que academias voltem a funcionar, pois caso alguém se contamine, aquele ”hoje já tá pago”, talvez, livre alguns do caixão.

Para justificar a reabertura do comércio, o prefeito fez uma live em seu facebook criticando a imprensa: ”A mídia falará: ‘Fecha, fecha’. Porque eles não desligam a televisão? O repórter fica em casa?”.

Reis, ao afirmar isso, se esquece do papel fundamental que a imprensa tem cumprido neste momento de pandemia em nosso país. Sem esta a situação estaria muito pior e informar sempre incomodou os que têm medo das lentes de uma câmera ou da caneta de um jornalista. Depois, afirmou que ”não tem ninguém abandonado (em Caxias)” e que está confiante: ”Vai passar rápido na Baixada”, profetizou.

Além de autorizar a reabertura do comércio o prefeito afirmou que o próximo decreto será abrir as escolas nas comunidades, segundo Washington ”há muitas crianças nas ruas jogando bola”.

Em entrevista nesta manhã (25/05), ao telejornal Bom Dia Rio, disse: ”A responsabilidade é toda minha como prefeito, também tenho responsabilidade com a arrecadação, que caiu pela metade. Se em junho eu não tiver arrecadação para pagar os médicos, não vamos ter médico nenhum, não adianta respiradores, não adianta leitos em rede hospitalar. Então estou fazendo com muita responsabilidade e olhando pelo aspecto financeiro para pagar o servidor público; para evitar uma greve em plena pandemia… Temos como retornar isso com fiscalização. O comerciante que não colaborar será lacrado e perderá o alvará, simples assim”.

Prefeito Washington Reis em pronunciamento na manhã desta segunda (25/05) – Foto: Reprodução/TV Globo

O prefeito não paga em dia os servidores há três anos e cinco meses, não há calendário de pagamento e retirou conquistas históricas da categoria. Ao afirmar querer pagar os servidores, aposentados e pensionistas – membros do grupo de risco – que denunciam estar sem remédios, aluguel atrasado, empréstimos, cheque especial e crédito consignado, é absurdo! Alguns vivem na casa dos filhos para não morrer de fome e outros de doações de cesta básica dos sindicatos da educação e dos servidores municipais.

A autoridade pública, que jamais cumpriu o decreto de fechamento total do comércio – que ela própria editou – e se não fiscalizou o isolamento total antes, como fiscalizará desta vez? O ideal seria que os fiscais agissem de forma autônoma e regimental e fossem incentivados a atuar com o mesmo vigor e presteza como fazem quando é para reprimir e autuar os ambulantes e camelôs que aguardam os prometidos R$ 50,00 do garoto propaganda da PicPay na Baixada.

Cientistas da Coppe/UFRJ divulgaram estudo que na primeira quinzena de junho a estimativa de infectados pelo Covid-19, no estado do Rio de Janeiro, chegará a 40 mil pessoas caso restrições mais rígidas não sejam adotadas. O último boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde, divulgado neste domingo (24), mostra que Duque de Caxias tem 182 óbitos, sendo a segunda cidade com mais óbitos no Estado e a quarta em número de infectados, contudo há uma grande subnotificação por falta de testes.

Enquanto isso na Rodovia Washington Luís, o Hospital Municipal Moacyr Rodrigues do Carmo e o Hospital Estadual Adão Pereira Nunes seguem cheios e com funcionários denunciando a falta de EPI´s e o prometido Hospital de Campanha para a cidade segue sem previsão.

Mas o governo inaugurou o Hospital São José, exclusivo para receber via Sistema de Regulação Estadual (SISREG). O prefeito Washington Reis disse, também, na sua ‘live’ que ‘Há 30 novos respiradores de primeira a disposição’. Senhor governador Wilson Witzel, secretário Fernando Ferry e deputados estaduais: porque há 30 respiradores novos de primeira prontos para entubar pacientes no Hospital São José e todos os dias vemos famílias desesperadas atrás de um? Isso é gravíssimo!

O discurso do prefeito Washington Reis (candidato a reeleição), alinhado às falas do clã Bolsonaro, nos assusta. O presidente teve 300 mil votos aqui e, por ser militar, já demonstrou interesse na eleição da cidade do Patrono do Exército, que já foi conhecida como terra dos laranjas no Século XIX. Será que pelo apoio da família Bolsonaro, vale tudo? Até a morte dos seus munícipes?

O alcaide, antes de ser contaminado (fez três testes que não disponibiliza para seus concidadãos), afirmou que ‘a cura (do Covid-19) viria das igrejas’, mas correu para um Hospital privado e de luxo para ser curado por médicos e enfermeiros; trocou as madrugadas na porta do Hospital Moacyr do Carmo pelas capelas do seu cemitério na BR-040 e já dava o prenúncio do que estava por vir quando afirmou que não faria o lockdown por Caxias ‘ser igual um queijo suiço’.

São tempos que é preciso sobreviver e não apenas viver. Quem quiser morrer em Duque de Caxias tem pelo menos uma boa notícia: o passeio pelo calçadão está oficialmente liberado e morrendo, ganha caixão e enterro gratuito! E, aos que não se importam, cuidado!; Você não vai ao calçadão, ao shopping, ao restaurante, mas o teu vizinho vai e ele pode se contaminar e pegar o mesmo elevador, ônibus, trem, corrimão que tu. E te matar! Percebe o que vai acontecer? Quanto ao prefeito Washington Reis, ficará marcado na história da cidade como o gestor responsável por mortes, ao invés de ser lembrado como quem salvou vidas.

Atualização – 25/05 – 15h21
Agora à tarde, após pedido da Defensoria Pública, a Justiça do Rio de Janeiro suspendeu o decreto que permite a reabertura do comércio na cidade de Duque de Caxias. De acordo com a decisão da juíza Elizabeth Maria Saad, a suspensão vale até que a Prefeitura apresente ”laudo técnico contrário às evidências científicas postas nacional e internacionalmente demostrando à população que o ato municipal não implica em risco à saúde pública e maior impacto social, no prazo de 48 horas”. A multa fixada pela Justiça é de R$ 10 mil por dia, a ser imposta pessoalmente ao prefeito Washington Reis. Cabe recurso. Será que o prefeito vai acatar? Não virão novas tentativas?



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

10 COMENTÁRIOS

  1. Continuem em casa! Já chegamos aos 25 mil mortos. A doença é altamente contagiosa. Só saio de casa pra bater perna em shopping quando tivermos uma vacina ou cura. Façam o mesmo.

  2. Duque de Caxias sempre teve perfeitos que só sabem explorar a população, alguns mais outros menos mas não se salva um, terra de provas e expiações.

  3. Isso mesmo, torço pra que vcs voltem a trab, assim se contaminam de uma vez , por sorte morre e eu e minha família que estamos em casa ficaremos bem, precisamos de imbecis feito vcs pra chegar ao pico, e começar a declinar, sou diarista, vivo do meu trab mais não sou retardadada

  4. Concerteza essa foto em destaque mostrando o calçadão de caxias é antiga, bem antes da pandemia. Essa foto está tentando manipular os leitores induzindo á pensarem que o povo está aglomerando sem o uso da máscara. O responsável dessa matéria devia ir nos hospitais ao invés de ficar criticando o prefeito da cidade.

  5. Que bom que o Senhor tem uma vida boa….caminhada na orla …nada na piscina do seu condomínio que deveria estar fechada…deve ter um plano de saúde bom…. porém nos que moramos nesta cidade não estamos com nossos salários em dia ….nosso sistema de saúde é muito precário ….e nosso prefeito fez um cemitério …Quer morar aqui ? Quer ser um funcionário público desta cidade? Convite feito….

  6. Ta na hora de voltar ao trabalho ! Cada um tem que fazer a sua parte , ja foi dito em toda as formas de comunicação como se dá o contagio e mesmo com toda essa medida de isolamento os casos acontece isso se dà muitas das vezes pela desobediência que o individuo tem consigo mesmo ! E sofre com suas atitudes isso não tem nada haver com retorno ao trabalho e sim com disciplina e hàbitos que muitos se recusam a mudarem os seus proprios com isso prejudicando os demais , esses podem ficar isolados uma eternidade que de nada adiantará !

  7. Desde quando saiu o primeira noticias de viros contaminados da china , já era pra se ter tomados atitudes para se evitar o que está acontecendo no Brasil…Mas infelizmente não temos autoridade competente para tal coisa…Só pensam em Carnaval e futebol, á , estava esquecendo..Roubalheira…

  8. Parabéns ao PREFEITO, vcs CANALHAS da imprensa pouco se lixam se as pessoas vão comer ou se vão pagar suas contas o negócio de vcs é fecha, fique em casa…. Saio todos os dias para trabalhar, assim como minha esposa e MILHARES, TALVEZ MILHÕES em todo o MUNDO e nem assim, GRAÇAS AO BOM DEUS, nós estamos doentes !!! TEMOS SIM QUE NOS CERCAR DE TODO O CUIDADO E SEGUIR EM FRENTE !!!

  9. Lamentável como as pessoas não tem temor a própria vida, nem a vida da família… infelizmente são essas que ajudam a propagar essa praga em nossa nação!!!!
    Morto não faz nada, só gera tristeza…
    Quanto mais tentarmos burlar as medidas de isolamento, mas tempo permaneceremos nela, simples assim!!!!!!

  10. O prefeito não está errado. Devemos voltar ao trabalho sim e com os devidos cuidados com a saúde. Independente de sua preferência política ele foi coerente nas informações citadas. Eu não uso máscara e não tenho nada. Trabalho, faço minha corrida na orla, nado na piscina do meu condomínio as 4h da manhã todos os dias e outra levando a vida normalmente e nunca tive esse tal.de covid-19. E os meus familiares no mesmo ritmo. Então tem algo que não condiz com as informações na mídia. A vida do ser humano tem que seguir. Olhem quantos suicídios e violências domésticas vem ocorrendo todos os dias. E mais as doenças mentais, o desemprego em massa e pessoas ficando endividadas, a fome batendo na porta daquele que perdeu a sua dignidade sem trabalho e etc. Temos que entender que somos um.pais SUBDESENVOLVIDO, onde as diferenças sociais são gritantes. E o nosso Brasil não tem condições de sustentar a todos dando auxílio para ficar em casa. Que isso? Já estamos quebrados e olha o valor do dólar, os produtos alimentícios que aumentaram devido a inflamação. Então algo deve ser feito. Para se evitar o Caus entre civis o melhor é voltarmos e os governantes e prefeitos garantir a população os devidos cuidados. O Judiciário está com seus salários e benefícios milionários em sua coberturas muito bem obrigado. E o povo sendo trouxa e manipulado por uma imprensa duvidosa em suas informações.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui