Orquestra Petrobras toca clássicos na programação da Árvore da Lagoa

Orquestra Petrobras toca clássicos na programação da Árvore da Lagoa

6 de dezembro de 2018 0 Por Felipe Lucena
Compartilhe

No próximo domingo, dia 9/12, a Orquestra Petrobras Sinfônica tocará os sucessos da série “O Clássico é…”, lançada em 2016 e que já homenageou os gêneros pop, rock, samba e reggae, na programação da Árvore de Natal da Lagoa. O concerto está marcado para as 17h e é gratuito, como parte da programação do Palco TIM.

No repertório, canções como “Flores”, dos Titãs, “Na sua estante”, da Pitty, “Coração leviano”, de Paulinho da Viola, “Andei só”, do Natiruts, sucessos do rock internacional, como “Nothing Else Matters”, do Metallica e “Sweet Child O’ Mine” , dos Guns N’ Roses, além de canções natalinas numa nova roupagem instrumental. Os arranjos são de Raphael Smith e Ricardo Candido.



Após a apresentação da Orquestra Petrobras Sinfônica, a programação do dia seguirá com show do músico Carlos Malta, especialista em flautas e outros instrumentos de sopro, a partir das 19h.

Integrantes da Orquestra

Ricardo Amado (violino); Andrea Moniz (violino); José Ricardo Taboada (viola); Hugo Pilger (violoncelo); Ricardo Candido (contrabaixo); Rubem Schuenck (flauta); Philip Doyle (trompa); Cassio Acioli (percussão).

Repertório completo
Flores (Titãs)
De Janeiro a Janeiro (Roberta Campos)
Me Adora (Pitty)
Na Sua Estante (Pitty)
Vida Passageira (Ira!)
Coração Leviano (Paulinho da Viola)
Coração Radiante (Grupo Revelação)
Grades do Coração (Grupo Revelação)
Onde Você Mora (Cidade Negra)
Andei Só (Natiruts)
Minha Felicidade (Roberta Campos)
Hotel California (Eagles)
Nothing Else Matters (Metallica)
Sweet Child O’ Mine (Guns N’ Roses)
Highway to Hell (AC/DC)
Seleção Natalinas (Vários autores)

Serviço
Data: 9/12 (domingo)
Horário: 17h
Local: Parque do Cantagalo – Lagoa
Entrada gratuita
Classificação: livre

Felipe Lucena é jornalista, roteirista e escritor. Filho de nordestinos, nasceu e foi criado na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Apesar da distância, sempre foi (e pretende continuar sendo) um assíduo frequentador das mais diversas regiões da Cidade Maravilhosa.


Compartilhe