‘Orquestra Rio Villarmônica’ faz seu concerto de estreia na Cidade Das Artes

Concerto será dedicado à Mozart e Villa-Lobos, apresentando algumas de suas obras mais representativas e de conhecimento do grande público

Foto: Divulgação

A cidade do Rio de Janeiro passará a ter uma “orquestra própria” para chamar de sua, a partir de junho. No dia 11 de junho, sábado, às 19h, na Cidade das Artes, acontece a estreia da Orquestra Rio Vaillarmônica.

Além de homenagear poeticamente o compositor Villa-Lobos, a orquestra nasceu em uma data bem especial, nascimento de Mozart. O evento fará sua estreia festejando e reverenciando ambos os compositores.

Com uma carreira que já o levou a reger mais de 30 orquestras na Europa, Estados Unidos e América do Sul, Tobias Volkmann, diretor artístico da Rio Villarmônica, não esconde o entusiasmo e satisfação, considerando este surgimento como “produto de uma certa casualidade e de um feliz encontro: duas amizades recentes que fiz se revelaram uma parceria perfeita para a realização de um sonho pessoal, que venho alimentando há algum tempo”.

No dia 27 de janeiro, nasceu a ideia para a Orquestra em uma reunião, casual, entre Tobias Volkmann, Mario Barcelos, e a produtora Isabel Zagury.

O maestro Mario Barcelos, diretor geral da Rio Villarmônica, reforça as inspirações em Mozart e Villa-Lobos, que além de apaixonados e irreverentes, “eram operários da Arte”. “Quando pensamos e criamos a Villarmônica queríamos trabalhar, criar, fazer. Nossos concertos serão sempre o fruto do nosso trabalho e da nossa paixão.”, complementa.

Para Isabel Zagury, o nascimento da Orquestra possui elevado valor pessoal: “sempre fui produtora, nunca idealizadora, sempre fui apenas ferramenta, poucas vezes tive a oportunidade de dar a minha opinião sobre a parte artística. Nós três descobrimos uma amizade com toques musicais e então, resolvemos tirar nossos sonhos dos guardanapos de boteco”, brinca.

Assim, o concerto de estreia da Orquestra Rio Villarmônica, além de carregar em si tais desejos e idealismos tão intrínsecos, será dedicado à Mozart e Villa-Lobos, os grandes mestres que compõem a identidade do novo grupo, apresentando algumas de suas obras mais representativas e de conhecimento do grande público.

Serviço:

Data: 11/06, sábado

Regente: Tobias Volkmann

Solista: Tiago Teixeira (clarineta)

Local: Teatro de Câmara – Cidade das Artes – Av. das Américas, 5300, Barra da Tijuca

Horário: 19h

Ingressos: R$50,00 (inteira) / R$25,00 (meia-entrada)

Classificação livre

Vendas: Site Cidade das Artes: http://cidadedasartes.rio.rj.gov.br/programacao/interna/1362 ou Sympla: https://bileto.sympla.com.br/event/73652/d/140443    

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui