De volta aos palcos, a Orquestra Sinfônica Brasileira apresenta, no próximo dia 30 de maio às 17h, o primeiro concerto da Série Clássica Brasileira. No programa de abertura do ciclo, que traça um paralelo entre a música brasileira e composições do período romântico, obras de Max Bruch e Clóvis Pereira. Como o evento ainda não contará com a presença de público, a apresentação (pré-gravada) será veiculada no canal da orquestra no Youtube e na página do Facebook.

Em formação de quinteto de cordas, os músicos Ubiratã Rodrigues (violino), Nikolay Sapoundjiev (violino), André Rodrigues (viola), Bernardo Fantini (viola) e Lisiane de los Santos (violoncelo) interpretarão as obras do programa. Abrindo o concerto, o “Quinteto para cordas em lá menor”, do alemão Max Bruch. A obra foi composta em 1918, quando Bruch tinha 80 anos de idade (dois anos antes de sua morte) e “redescoberto” apenas em 1991. A introdução é um Allegro iniciado pelo 1º violino, enquanto o Allegro do segundo movimento é um scherzo ao estilo de uma tarantela. O terceiro movimento é um Adagio muito melodioso e o quarto e último movimento é um rondó que apresenta um tema lírico antes do final. Este quinteto é considerado uma das melhores peças de música de câmara do compositor.

Na sequência, o grupo interpretará “O Prinspe Alumioso”, do pernambucano Clóvis Pereira. Composta em 1973, a obra é uma homenagem ao Movimento Armorial, do qual Pereira é um dos fundadores, ao lado de Ariano Suassuna.

PROGRAMA:
Max Bruch – Quinteto para Cordas em lá menor
I. Allegreto | II. Allegro molto | III. Adagio non troppo | IV. Allegro
Clóvis Pereira – O Prinspe Alumioso

SERVIÇO:
OSB – Série Romântica Brasileira
Dia 30 de maio de 2021 (domingo), às 17h
Concerto pré-gravado, veiculado no Facebook e Youtube
facebook.com/orquestrasinfonicabrasileira
youtube.com/sinfonicabrasileira
Acesso gratuito

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui