Baile Charme no Parque de Madureira (Foto: Coletivo CLAP)

Cariocas e turistas adoram uma boa diversão. Em todos os bairros do Rio de Janeiro existem diversas opções de entretenimento; sejam bares, restaurantes, teatros, cinemas, pontos culturais, casas noturnas etc. Pensando nisso, o DIÁRIO DO RIO montou uma relação com algumas das melhores regiões da Cidade Maravilhosa.

É importante salientar o momento pandêmico que estamos atravessando, portanto, pedimos aos cariocas e visitantes da cidade, que aproveitem as dicas com responsabilidade, sempre fazendo uso da máscara e do distanciamento social.

Vamos à lista!

MADUREIRA

Baile Charme de Madureira (Foto: Domingos Guimaraens)

Endereço dos mais tradicionais da Cidade Maravilhosa, Madureira é uma das mecas da diversão no Rio. Os grandes expoentes são os icônicos Viaduto de Madureira, com seu mais que tradicional baile charme e outros eventos artísticos e culturais, e o Parque de Madureira, que atrai moradores e visitantes das regiões no entorno. O espaço chama atenção pelas suas quadras poliesportivas e palmeiras que dividem o espaço com fontes, riachos, quiosques, pista de skate, pomar e brinquedos.

VILA DA PENHA

Manga Rosa – Vila da Penha (Foto: Reprodução Facebook)

Capitaneada pela Avenida Oliveira Belo, a Vila da Penha é um dos bairros com maior vocação boêmia da Zona Norte Carioca. São inúmeros bares, restaurantes, pubs esparramados pelas simpáticas vielas da região. E tem para todos os gostos, desde empreendimentos mais sofisticados até o melhor da culinária de rua. O Largo do Bicão é quase como um centro não oficial do bairro, recebendo eventos como o Carnabicão, uma festa de Carnaval que desperta uma relação de amor e ódio com os moradores.

BOTAFOGO

Bares do Baixo Botafogo (Foto: Reprodução Facebook)

Aqui é onde a Zona Sul acontece de verdade. Botafogo tem o charme e requinte da região mais nobre da cidade, mas sem deixar de lado uma certa essência de Subúrbio. Os inúmeros bares, restaurantes e cafés da região dividem espaço harmonicamente com botecos mais “sujos” que fazem a alegria dos andarilhos da madrugada. Botafogo também abriga casas noturnas emblemáticas da noite carioca, como a Casa da Matriz, a Bukowski e a Sarreufa Club, a popular “Bambina“. O Baixo Botafogo, com muito jovens, é onde o “fervo” acontece.

CAMPO GRANDE

Foto Cleomir Tavares / Diario do Rio

Além de ser um dos bairros mais históricos do Rio de Janeiro, que quase virou uma cidade, Campo Grande é um dos principais centros comerciais da Zona Oeste. Encontra-se de tudo, a preços menores, no circuito formado pela Avenida Cesário de Melo e outras 20 ruas. A trabalho ou a lazer, dezenas de milhares de pessoas circulam diariamente pelos calçadões das ruas Coronel Agostinho e Barcelos Domingos. O polo é âncora de desenvolvimento da região, com muitas lojas e, claro, bares, restaurantes e muita diversão.

TIJUCA

Praça Varnhagem (Foto: Reprodução Instagram)

Um dos maiores destaques dessa lista, a Tijuca possui alguns dos bares mais famosos do Rio de Janeiro no seu cardápio, entre eles, o Bar do Momo, o Bar Madrid, Bar da Gema e o Buxixo Choperia. Mas não só de botecos vive a região, que também é sede de Escolas de Sambas multicampeãs do Carnaval, como Salgueiro e Vila Isabel (Respectivamente localizadas no Andaraí e Vila Isabel, mas fazem parte da área conhecida como Grande Tijuca rsrs). O mesmo critério de proximidade pode ser estendido para o estádio do Maracanã, que fica no bairro homônimo, mas a, literalmente, poucos passos da Tijuca.

VISTA ALEGRE

Polo Gastronômico (Foto:Selmy Yassuda)

Vista Alegre despontou nos últimos anos como um dos points mais frequentados do Rio em função dos seu Polo Gastronômico. Quem passa pela Avenida Braz de Pina, encontra todo tipo de estabelecimento gastronômico, são diversos bares, botecos, restaurantes temáticos, bistrôs, entre várias outras opções existentes. A área se valorizou e vem “roubando” clientes de diversas áreas cidade, principalmente da Zona Norte… alô Vila da Penha.

CENTRO/LAPA

Iluminação especial de Natal nos Arcos da Lapa – Foto: Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

É claro que não poderia faltar a maior área de lazer, cultura e entretenimento desta cidade. O Centro do Rio é uma coletânea de museus, centros culturais, teatros, bares, restaurantes e festas ao ar livre. Um dos maiores pontos turísticos do Brasil, a Lapa representa todo essa diversidade e multiculturalismo através de suas ecléticas casas de shows e incontáveis estabelecimentos boêmios, se estendo até Santa Teresa, bairro que não está na nossa lista, mas que merece menção honrosa, assim como a área que veremos a seguir.

SAÚDE

Com flexibilização, Largo de São Francisco da Prainha é opção ao ar livre com possibilidade de distanciamento — Foto: Raphael Vidal

Outro “braço” do Centro do Rio, o bairro da Saúde recentemente foi eleito um dos mais “legais” do mundo, segundo a revista time out. Mas ao contrário de outros endereços dessa lista, por aqui não se vê tanta agitação. O barato dessa localidade sãos as simpáticas ruas de paralelepípedo, os casarões antigos com a bela arquitetura portuguesa e a Pedra do Sal, lugar histórico onde o melhor samba do Rio come solto.

MÉIER

Foto Cleomir Tavares / Diario do Rio

Um dos bairros queridinhos de muitos cariocas, o Méier se destaca por absolutamente tudo! Mas como temos que ser sucintos, vale falar sobre o clássico Centro Cultura João Nogueira, o Imperator, para os íntimos. Um dos melhores pontos artísticos do Rio (me atrevo a dizer que é o melhor, devido a variedade de atrações), localizado na Rua Dias da Cruz. Outro local que representa essa região é o Baixo Méier, um conjunto de bares.

4 COMENTÁRIOS

  1. O Rio possui bairros muito bacanas e que, infelizmente, foram abandonados pelas autoridades à muitos anos. A insegurança e a falta de preservação na maioria deles, impossibilitam a retomada. Além dos que foram citados no texto, consideraria alguns outros. Incluiria: Bangu, Abolição, Baixo Freguesia, Cachambi, Taquara…

  2. Faltou a gavea…point(baixo gavea)por ter bares, restaurantes, teatros, cinema eventos afins, tanto fixos ao bairro como aleatórios…sem contar com os apaixonados pelo bairros é seus visitantrsquem é carioca também mora é faz um passeio por aqui.

    • Faltou mesmo o melhor Point no bairro do Leblon, Mãozinha Foods, que fica em frente a Cobal do Leblon. Deliciosos podrões a preços imbatíveis!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui