Os 90 anos da presença italiana na sociedade carioca são resgatados através da ‘biografia’ do Edifício Casa D’Itália

O livro foi escrito pelo Cônsul-Geral, Paolo Miraglia del Giudice, durante os seus 4 anos de estada no Rio, período marcado pelo resgate da italianidade na cidade

Capa do livro“Edifício Casa D’Itália do Rio de Janeiro - uma biografia” / Divulgação

Resultado de intenso trabalho de pesquisa, o livro “Edifício Casa D’Italia do Rio de Janeiro – uma biografia” fala sobre mais de 90 anos de história da presença italiana na sociedade carioca através da trajetória (biografia) da edificação, que abriga o Consulado-Geral da Itália no Rio de Janeiro. Localizado no cruzamento das avenidas Beira-Mar com Presidente Antônio Carlos, no Centro da cidade, o prédio abriga, também, o Instituto Italiano de Cultura e o Instituto Europeu de Design, além de ter sido sede de outras tantas instituições que por lá passaram ao longo das suas nove décadas de existência.

O livro foi escrito pelo professor Aristides Correa Dutra e apresentado pelo ex- Cônsul-Geral, Paolo Miraglia del Giudice, durante os seus quatro anos de estada no Rio, período marcado pelo resgate do valor e da importância da italianidade na cidade. “Esse icônico edifício há muito merecia um livro para contar sua história intensa, fascinante, cheia de altos e baixos”, disse del Giudice na apresentação do livro por ele assinada.

A obra pode ser considerada uma biografia, segundo o Cônsul-Geral, por que o Casa D’Italia sempre foi uma entidade viva e não uma mera construção imóvel. A pedra fundamental do edifício foi lançada, em 1931, e desde então, a edificação se mantém viva no Centro do Rio.

O livro tem curadoria do artista plástico e mestre em comunicação, o professor Aristides Correa Dutra, que, à convite de Paolo Miraglia, fez uma minuciosa pesquisa histórica, especialmente em jornais, para falar sobre a edificação, que resultou do associacionismo italiano provocado pelo intenso êxodo desta população no começo do século XX.

Com 147 páginas, o livro Edifício Casa D’Italia do Rio de Janeiro é dividido em 3 partes. A primeira trata da construção e confisco do edifício pelo governo brasileiro durante a Segunda Guerra, e da sua posterior devolução ao governo italiano nos anos 1970. A segunda fala sobre histórias e curiosidades da vida dentro do Casa D’Italia, desde a sua retomada pelo governo italiano. Já a terceira parte faz um tour de imagens pela Itália, a partir de um ensaio fotográfico do edifício nos dias atuais.

O “Edifício Casa D’Italia do Rio de Janeiro – uma biografia” conta com uma edição impressa em português, com 2 mil exemplares. A obra conta ainda com duas edições digitais – uma em português, outra em italiano – que podem ser baixadas no site oficial do Consulado-Geral do Rio de Janeiro.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui