Para quem necessita de atendimento ou acompanhamento médico no bairro de Senador Camará, na Zona Oeste do Rio, o Centro Municipal de Saúde Sir Alexander Fleming poderia representar uma alternativa. Poderia, se a unidade prestasse atendimento médico. Há dois anos não há médicos para atender os pacientes que recorrem à instituição, segundo queixas de pacientes. Em casos de pouca complexidade, o corpo técnico de enfermagem auxilia quem chega ao Centro.

Segundo relatos de pacientes, marcar uma consulta no centro médico tornou-se uma missão impossível por conta da falta de profissionais e insumos. Para que os pacientes não fiquem completamente sem atendimento, os funcionários da unidade orientam que as pessoas recorram à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Senador Camará.
Mas na UPA do bairro, os pacientes esbarram com os mesmos problemas, por ser tratar de uma instituição municipalizada. A saída, então, é recorrer a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) estadual, que não aceita o encaminhamento da UPA municipal.
Como se não bastassem todos os problemas que atingem a rede municipal de Saúde, os funcionários do Centro Municipal de Saúde Sir Alexander Fleming reclamam ainda que estão com os salários atrasados.

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio afirmou por meio de nota, que a Coordenação de Saúde da AP 5.1, responsável pela região, está avaliando o suposto atraso da remuneração dos funcionários da instituição, incluindo pagamento da segunda parcela do 13° salário dos profissionais, que, segundo a Secretaria, está atrasado.

Sobre a falta de médicos e de atendimento, a SMS do Rio declarou em nota: “Há médicos lotados na unidade, mas recentemente uma profissional entrou em licença para tratamento de saúde e os pacientes dela estão sendo atendidos por outro médico. Todos os pacientes que procuram a unidade são acolhidos, avaliados e direcionados para atendimento de acordo com sua necessidade específica. Pacientes que tenham perfil para atendimento hospitalar são removidos em ambulância para UPAs ou hospitais”.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui