Foto: Reprodução

Durante a reunião do 3º Boletim Epidemiológico, realizado na manhã desta sexta-feira (22/01), o Prefeito Eduardo Paes (democratas) anunciou a abertura de mais 50 novos leitos para Covid-19. De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Daniel Soranz, a cidade teve diminuição de 10% no quadro de internações.

Os leitos estão distribuídos da seguinte forma: 10 leitos no hospital Souza Aguiar, 10 no Salgado Filho, 10 no hospital da Piedade e 20 no hospital Clementino Fraga Filho. Outros 150 já tinham sido abertos, sendo 130 no hospital Ronaldo Gazolla e 20 no Souza Aguiar. A meta da prefeitura é chegar a 343 novos leitos.

De acordo com o secretário municipal de saúde, a abertura dos novos leitos irá contribuir para reduzir a taxa de ocupação. “Menos pessoas internadas e mais leitos, a gente vai ter uma taxa de ocupação menor. Agora, não é porque tem a menor fila de espera no momento que as pessoas podem abusar e se expor desnecessariamente. Fica a recomendação para que cumpram as regras em toda a cidade, para que a gente possa reduzir o número de pessoas internadas e de óbitos”, disse Soranz.

Paes, por sua vez, também falou a respeito das estratégias adotadas nas últimas semanas e resultados obtidos. “No momento, temos três pessoas com mais de 24h de espera para receber um leito e na semana passada eram nove. Não custa lembrar que no início deste mês eram 150 pessoas com mais de 24h. Isso mostra que a estratégia adotada, com a concentração dos atendimentos no Hospital Ronaldo Gazolla, a abertura dos leitos e o fechamento do Hospital de Campanha, foi uma decisão acertada. Esperamos que novas doses da vacina cheguem para que possamos ampliar a primeira fase da vacinação partindo para os demais profissionais da saúde e a população em geral“, afirmou o prefeito do Rio

No entanto, o prefeito voltou a afirmar que se as regras de convívio social não forem respeitadas, serão colocadas em prática as medidas previstas na resolução conjunta, assinada pelos secretários municipais e estaduais de Saúde e publicada no Diário Oficial do dia 13/01. Entre as medidas estão: a limitação da capacidade de lotação de estabelecimentos, a alteração nos horários de funcionamento e a ampliação das regras de distanciamento em locais fechados.

Sobre a vacinação contra a Covid-19, Paes destacou a eficiência da campanha de vacinação feita pela Secretaria de Saúde. O Rio é a cidade que mais vacinou até o momento, com um total de 42.563 pessoas já imunizadas, sendo 35.130 profissionais de saúde, 6.624 idosos que vivem em asilos, 623 pessoas com deficiência institucionalizadas, 143 quilombolas e 43 indígenas aldeados.

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui