Foto: Gabriel Barreira / G1 Rio

Nesta segunda-feira (18/01), o prefeito do Rio, Eduardo Paes (DEM), e o secretário de Saúde, Daniel Soranz, apresentaram a campanha de vacinação contra Covid-19, no Palácio da Cidade, sede do poder executivo municipal.

Segundo o cronograma de vacinação da Prefeitura do Rio, serão 231 mil doses na primeira fase da campanha. Dessas, 110 mil devem chegar às 16h desta segunda-feira. A expectativa da prefeitura é de que este primeiro lote acabe em quatro dias, de 19 a 23 de janeiro. Serão vacinados primeiro os seguintes grupos de pessoas:

  • trabalhadores de saúde que atendem diretamente pacientes com Covid-19 (CTI, enfermaria, SRAG e emergências)
  • trabalhadores envolvidos na campanha de vacinação para covid-19
  • trabalhadores de instituições de longa permanência de idosos
  • idosos (a partir de 60 anos) moradores de instituições de longa permanência
  • pessoas com deficiência a partir de 18 anos moradoras de abrigos/residências inclusivas
  • população indígena vivendo em terras indígenas

Paes enfatizou que nesta etapa as pessoas ainda não devem ir ao posto de saúde: “Nessa etapa ninguém deve procurar o posto de saúde. Idosos que estão no abrigo serão vacinados no abrigo e profissionais de Saúde vão ser vacinados onde trabalham. Nessa fase, as pessoas não devem ir ao posto de saúde“, explicou Paes.

Instituições de longa permanência que terão vacina a partir do dia 20:

  • Vovó House Hotel Geriátrico
  • Associação Conveniência Vila do Sol
  • Associação Recreio dos Anciãos Para Asilo da Velhice Desamparada
  • Abrigo Cristo Redentor
  • Casa de Repouso Nelson Risse
  • Casa Geriátrica São Mateus
  • Casa de Repouso Hospedagem Esperança
  • Urs Dina Sfat
  • Associação Crista Espirita Beneficente (Lar de Otávio)

A segunda fase da vacinação ainda não tem uma data prevista para começar. Será nessa etapa que serão vacinados os idosos entre 60 e 74 anos. Ao todo, esse grupo conta com 895.632 pessoas, que receberão 1.970.390 doses da vacina.

Depois, terá início o terceiro momento da campanha, quando as pessoas com comorbidades receberão a vacina. A prefeitura calculou 316.109 pessoas nesse grupo, que receberão 695.440 doses.

Já a 4ª fase da vacinação será destinada aos trabalhadores da educação, profissionais das forças de segurança e salvamento, população em situação de rua, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade, pessoas com deficiência e trabalhadores de serviços essenciais. Nessa etapa, serão distribuídas 1.023.189 doses da vacina, para um total de 465.086 pessoas.

3 COMENTÁRIOS

  1. Gostaria de ver no alto do Cristo Redentor o nosso prefeito e o secretário da saúde tomando a primeira vacina do município para aí sim passar credibilidade da vacina e depois as duas senhoras do Ronaldo Gazola.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui