Paes comenta tragédia na Bahia: ‘ninguém está preparado para chuvas como aquela’

Prefeito disse que uma chuva como a que atinge a Bahia causaria enormes problemas na cidade. Meteorologistas preveem possibilidade de chuvas no Sudeste do Brasil com condições de temporais

Coletiva de imprensa do balanço das ações da Prefeitura em 2021 (Beth Santos/Prefeitura do Rio)

As fortes chuvas que castigam a Bahia foram tema da coletiva do prefeito Eduardo Paes, que nesta terça-feira (28), divulgou o balanço do primeiro ano da sua terceira gestão à frente da Capital Fluminense. Perguntado sobre a possibilidade do Rio ser atingido por um temporal como o que ocorre em terras baianas, Paes respondeu que “nenhuma cidade do mundo está preparada para chuvas como aquela”.

O temporal que atinge boa parte da Bahia, já deixou ao menos 20 mortos, mais de 350 feridos e milhares de desabrigados e desalojados.

Segundo as últimas previsões meteorológicas, há possibilidade de chuvas no Sudeste do Brasil com condições de temporais.

Ninguém tá preparado para chuva como aquela. Nenhuma cidade, nenhum lugar do mundo. Muito menos a cidade do Rio de Janeiro, com suas características geográficas, de morros e montanhas, a proximidade com mar, quantidade de corpos hídricos existentes. Não tem ralo e esgoto que dê conta daquela água toda“, disse o prefeito.

Paes ressaltou que nesses casos, é importante “minimizar os danos” provocados pela força da natureza. O prefeito também garantiu que o poder público tem atuado nessa questão.

Uma chuva como essa certamente causaria enormes problemas na cidade do Rio de Janeiro. Nós buscamos preparar a cidade, mas o que a gente age nesse momento é aquilo que a gente chama de resiliência. Trabalhar para minimizar os danos, evitar mortes”.

Segundo boletim publicado nesta terça (28), pelo instituto Metsul, a região Sudeste será a próxima a sofrer com chuva extrema. De acordo com os especialistas, o corredor de umidade que atingiu a Bahia vai recuar para o Sul e trazer chuva excessiva com possíveis situações de desastres no Sudeste nos próximos dias.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui