Prefeito do Rio, Eduardo Paes - Foto Cleomir Tavares/Diário do Rio

Prefeito reeleito do Rio, Eduardo Paes apresentou neste sábado (10/04) um balanço dos 100 primeiros dias à frente da Cidade Maravilhosa. A avaliação foi baseada em 25 prioridades apontadas no dia 1 de janeiro em áreas como segurança, transportes e infraestrutura. O evento aconteceu no Palácio Da Cidade, em Botafogo, na Zona Sul do Rio.

A gente tem a certeza de que a cidade vai dar certo. Esse foi um slogam que usei na campanha eleitoral e é o que direciona o governo” , disse Paes

O chefe do executivo municipal criticou a gestão de seu antecessor, Marcelo Crivella, afirmando que a cidade retroagiu 12 anos anos desde o primeiro governo

“Empurrar com a barriga foi a especialidade do ex-prefeito Marcello Crivella” ironizou.

Paes disse também que nunca em transição de governo a situação fiscal foi delicada quanto o atual momento: parte do 13º salário não foi quitado, benefícios fiscais estão defasados e há quase R$ 5 bilhões em dívidas com fornecedores sem cobertura contratual.

Tínhamos 15 mil alunos sem cartão-alimentação e um plano para a retomada das aulas em 2021. Isso é inacreditável. Perdemos 16 milhões em recursos do Desenvolvimento Social porque a prefeitura não captou. As academias da terceira idade estavam sucateadas”, disse Paes.

Paes diz que pegou uma cidade destruída e usou como exemplo uma imagem de uma estação de BRT depredada, cuja manutenção era da concessionária do sistema.

Houve uma doentia fusão entre gestão e religião. Ter 12 secretários era uma referência aos 12 apóstolos de Cristo“, disse Paes.

E completou:

“Isso mostrou a consequência da população ao escolher demagogos e populistas. Mas a gente tem que mostrar o que envolve o combate às construções irregulares, muitas incentivadas pela milícia, estava parado. Combater essas irregularidades era o principal meio da prefeitura de combater as milícias”.

No balanço, ele disse que o processo de emcampação da Linha Amarela foi uma farsa porque a questão da concessão não foi solucionada.

A prefeitura ainda divulgou dados sobre os 100 dias que não constavam nos compromissos. como atividades da Comlurb e da Conservação.

No cenário que encontramos, a minha sensação é que retrocedemos 12 anos. Problemas que vão desde mobilidade até os impactos e retrocessos na área da saúde. Isso se estendeu para outras áreas, dívidas com forncedores. Na educação o mais grave: nenhum plano para a retomada de aulas. Algo que o secretário Ferreirinha teve que fazer em um curto espaço de tempo. Encontramos uma economia arrasada. Poderia falar duas horas falando do caos que se instaurou em uma doentia relação de política com religião“.

O prefeito também citou as metas não cumpridas pelo seu governo até aqui:

“Os dados que vou passar são todos auditáveis. Das nossas 25 metas para os 100 primeiros dias realizamos totalmente 76 por cento parcialmente 17 por cento e infelizmente não conseguimos cumprir 7 por cento. Nao conseguimos recompor as equipes de saúde da família e saúde bucal. Era uma meta ousada”.

Veja os os principais pontos abordados na apresentação:

– A prefeitura conseguiu captar RS. 69,50milhões em emendas parlamentares contra RS 8,9milhoes em 2020.

– Economizou RS 160 milhoes com revisão de contratos e. Cortes de custos .

– Os processos de licitação começaram a ser transmitidos pelo you tube para dar mais transparência às licitações.

– Foi feito um estudo de viabilidade para tirar do papel o projeto de construir quatro escolas com sobras da infraestrutura provisória do Parque Olímpico.

– Executadss obras novas de contenção na Niemeyer com retirada de 30 toneladas de lixo.

– A guarda municipal fez mais de 3o mil autuacoes e fechou310 estabelecimentos comerciais.

– Autuou 3042 vans e removeu 352 por transporte irregular

– Lancou a ronda Maria da Penha da Guarda Municipal para atuar em casos de violência contra a mulher.

– Plantou 6,5 mil mudas e 200 árvores.

– Reabriu parques como o Campo de Santana e o Passeio Público.

– Limpou 85 quilômetros de rios.

– Lancou um edital para premiar trabalhos sobre o carnaval Carioca.

– Varreu 176409 quilômetros de ruas

– Limpou 53069 ralos.

– Instalou 1267 papeleiras

– Tapou 30175 buracos

– Recuperou 129 chafarizes e monumentos.

– Demoliu 127 construções irregulares

Mensagem nas redes sociais

O prefeito Eduardo Paes comemorou os primeiros cem dias de administração municipal com um post no Instagram.

Confira a publicação

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui