Fernando Maia/Riotur

A tradicional festa de Réveillon do Rio, conhecida internacionalmente, pode acontecer se mais da metade da população estiver imunizada. A informação foi dada em entrevista exclusiva à TV Band pelo prefeito do Rio, Eduardo Paes (DEM).

Durante a entrevista, Paes afirmou que a expectativa é que, até o fim do ano, 70% dos cariocas já tenham sido vacinados contra Covid-19. Ele também destacou que será lançado um calendário com eventos para impulsionar a retomada do turismo e, consequentemente, da economia carioca.

Até a manhã deste sábado (17/04), o percentual de cariocas vacinados com a primeira dose era de 18%. Ao todo, 325.536 já receberam as duas doses do imunizante contra Covid-19. Neste sábado, a vacinação é destinada a pessoas com 62 anos ou mais, profissionais de saúde com 50 anos ou mais, profissionais da educação com 55 anos ou mais, na ativa e lotados em unidades escolares públicas da educação básica, e à segunda dose.

A vacinação ocorre das 8h às 12h nas clínicas da família e centros municipais de saúde e nos pontos de vacinação da Vila Militar, do Museu Conde de Linhares, do Palácio Duque de Caxias, do Museu da República, do Jockey Club Brasileiro, da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, dos quartéis dos bombeiros de Humaitá, Copacabana e Barra da Tijuca e do Imperator. Os postos no sistema drive-thru também funcionarão das 8h às 12h, além de no Sambódromo, no Parque Olímpico e na Vila Militar, também na Cidade Universitária da UFRJ (Ilha do Fundão), no Estádio do Engenhão (Engenho de Dentro) e no Parque Madureira.

2 COMENTÁRIOS

  1. Antes era 75%, depois 50%, vai ser 40%, 30% e ao fim, vai ser o percentual que estiver na hora – porque o pessoal vai estar passando fome até lá com tudo parado.

  2. E alguém tá lá preocupado com Réveillon, seu babaca?
    As pessoas estão preocupadas,é em como vão se sustentar até lá!!!
    Preocupação de jegue deslumbrado!!!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui