Prefeito do Rio, Eduardo Paes - Foto Cleomir Tavares/Diário do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciou nesta quinta-feira (29/04) que há uma ”reserva técnica” de vacinas contra a Covid-19 no município e que, por ora, não deve haver falta de imunizantes para aplicação da segunda dose na capital fluminense.

”Apesar de ter tido uma liberação do Ministério da Saúde no sentido de que não se reservasse a segunda dose, tomamos o cuidado de fazer uma reserva técnica. Ela não é uma reserva de 100%, mas é uma reserva que nos dá o conforto de, caso aconteça um atraso, como ocorreu esta semana, que a gente continue aplicando”, disse Paes, afirmando que a campanha deve seguir normalmente neste final de semana.

”Temos, sim, condições de fazer isso até o fim de semana e esperamos que, na segunda-feira, como prometido, cheguem as doses da vacina. Chegando as doses a gente prossegue normalmente. A princípio não há nenhum risco para as pessoas que já foram vacinadas e aguardam para tomas a segunda dose. Podem ter tranquilidade”, complementou.

”A gente sempre tem uma cobertura, uma gordura que, mesmo que haja algum atraso, a gente não tem que parar o processo de vacinação. A nossa lógica aqui é a seguinte: chegou vacina, a gente quer aplicar. Quanto mais gente vacinar melhor. A Fiocruz está regularizando a sua produção, produzindo quase um milhão de vacinas por dia. Se a gente seguir neste ritmo, a gente só quer dar boa notícia: antecipar, acelerar. Mais idade, mais gente. Este esforço é permanente”, concluiu o prefeito.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui