Foto: Maurício Bazilio

Neste domingo (13/06), durante uma vistoria de praça em Senador Camará, na Zona Oeste do Rio, o prefeito Eduardo Paes afirmou que cogita vacinar toda a população do Rio até o início setembro, um mês antes do previsto pela Secretaria Municipal de Saúde (SES)

De acordo com o prefeito, a estimativa é devido a aceleração na entrega de vacinas: “A gente tinha dado uma data de final ou meados de outubro, mas se continuar chegando vacina do jeito que está chegando agora, acho que no começo de setembro já esteja todo mundo vacinado“.

Paes também elogiou os esforços da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) na produção das vacinas e o Governo Federal pela compra das vacinas da Pfizer.

Neste sábado (12/06), a Fiocruz recebeu mais um carregamento com ingrediente farmacêutico ativo (IFA) para a produção de vacina contra a Covid-19. A matéria-prima para produção de vacinas da AstraZeneca chegou pelo Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro. De acordo com a Fundação, a entrega dessa remessa permitirá a continuidade da produção da vacina e garantirá entregas semanais ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) até 10 de julho.

Dados da vacinação

Até este domingo, o Rio já vacinou 47% do público alvo da campanha com a primeira dose e 18% com a segunda. Foram 3.459.161 doses aplicadas, sendo 2.487.413 para a primeira e 971.748 para a segunda.

Calendário antecipado

Na última semana, Paes anunciou, através das suas redes sociais, que a cidade irá vacinar todos com mais de 50 até o dia 19 de junho. Foi a segunda semana seguida de antecipação do calendário anunciado no fim de maio. O prefeito Eduardo Paes chegou a comemorar que a sua vez de vacinar estava próximo, já que, pela idade, ele vai receber a dose imunizante na quinta-feira (17/06).

Foto: Divulgação

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui