Foto: Reprodução

Nesta terça-feira (02/03), o prefeito do Rio, Eduardo Paes (DEM), falou sobre o consórcio de municípios para compra de vacinas em suas redes sociais. O assunto teve início quando o jornalista Octavio Guedes questionou o fato da cidade ainda não ter manifestado interesse em participar do consórcio.

Em resposta ao jornalista, Paes afirmou ter participado de reunião na segunda-feira e disse que o Rio já havia aderido.

O prefeito ainda comentou o questionamento do jornalista, afirmou que a notícia já havia sido publicada pela imprensa e que “jamais dará print em troca de WhatsApp com quem quer que seja”. Paes também publicou a foto de um documento de “manifestação de interesse de adesão ao consórcio público”.

Liderado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), o objetivo do consórcio é dar suporte aos municípios caso o Plano Nacional de Imunização (PNI), elaborado pelo governo federal, “não consiga suprir a demanda nacional”. Até o momento, mais de 100 municípios já mostraram interesse em participar.

Por outro lado, nesta segunda-feira (01/03), o governador em exercício Claudio Castro vetou um projeto de lei que havia sido aprovado pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), que autorizaria a compra de vacinas contra a Covid-19, independente da autorização do Programa Nacional de Imunizações. Ele destacou que a Secretaria Estadual de Saúde tem buscado manter alinhamento ao PNI.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui