Fotos: Eduardo Duarte para CAU/BR

O prefeito Eduardo Paes (PSD) dá mais um passo para se distanciar do PL do governador Claudio Castro, já pensando nas eleições de 2022. Por estes acasos da política, o vice de Paes, Nilton Caldeira é do PL, e ocupava a cadeira de Secretário de Habitação do Rio. Ocupava, pois ele foi exonerado para dar espaço a um aliado muito mais importante, o presidente da Câmara de Vereadores do Rio, Carlo Caiado (DEM), que indicou seu irmão Cláudio Caiado, que deve ficar sete meses no cargo, ele é pré-candidato a deputado estadual. Ele é administrador de empresas e há 19 anos trabalha no setor privado

A secretaria de Habitação tem grande capilaridade e pode ser uma máquina de fazer votos. Carlo Caiado já tem o indicado para Subprefeito da Barra, Rafael Lima, que tem feito um excelente trabalho na região.

O PL, entretanto, também possui a poderosa RioLuz, presidida por Bruno Bonetti. Articulador político, trabalhou no governo do Distrito Federal, foi chefe de gabinete da ex-deputada distrital Eliana Pedrosa e depois passou a assessorar um dos políticos mais poderosos do estado do Rio, Altineu Côrtes (PL). Mas nos bastidores dizem que seu nome está por um fio e pode dar lugar a outro sem ser do partido do governador.

E finalmente, o partido está na Secretaria da Terceira Idade com Júnior da Lucinha, não exatamente um homem de partido, já que a família é poderosa na Zona Oeste. Eleito vereador em 2020, em seu lugar está Luciano Medeiros e como dizem, ninguém mais fiel ao governo do que um suplente. O outro vereador do PL é o cartola flamenguista Marcos Braz.

Quanto a Caldeira, ele escreveu uma carta em seu Instagram dizendo que continuará trabalhando para ajudar Eduardo Paes e a Prefeitura do Rio:

“Quando soube que nosso prefeito @eduardopaes tinha me escolhido para ser seu vice, uma de minhas maiores vontades era a de ser um vice-prefeito muito presente, que pudesse estar na rua, vendo de perto os problemas enfrentados pela população e conseguindo apoiá-lo, para que o alcance de nosso trabalho pudesse ser dobrado! Acredito que um dos maiores motivos do Eduardo ser reconhecido como um bom gestor é o seu engajamento pessoal na resolução dos problemas, então nada melhor que ter um vice-prefeito que possa ser mais uma extensão dessa qualidade!

Hoje, depois de oito meses à frente da Secretaria Municipal de Habitação, passo a me dedicar prioritariamente ao meu papel de vice-prefeito. Tenho muito orgulho de todo o trabalho que exercemos ao longo deste período na Habitação e dedico nosso sucesso ao trabalho duro de todos que compõe essa querida equipe! Pessoas extremamente qualificadas e dedicadas, com quem pude aprender e crescer junto! Desejo muito sucesso ao novo secretário de habitação, certo de que há uma equipe técnica excelente à sua espera.

Agora, ainda mais, contem comigo como vice-prefeito do nosso Rio de Janeiro. Estejam certos de que seguirei dando meu melhor, com muito diálogo, muito trabalho e muito amor pelo Rio!”

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui