Foto: Reprodução

Após anunciar em suas redes socias que a vacinação por idade no Rio não poderá ser retomada na quinta-feira (12/08), o prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes (PSD) sugeriu ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que entregasse diretamente a CoronaVac “sem intermediários” para o Rio de Janeiro. Apesar da entrega de imunizantes na madrugada desta quarta-feira (11/08), a doses recebidas são insuficientes para cobrir a população de 24 anos.

“João Doria, não tem como mandar doses direto da CoronaVac para cá, não? Sem intermediários, como você está fazendo com a Prefeitura de São Paulo?”, escreveu Paes.

Em resposta, Doria disse que a ausência de imunizantes decorre da “incompetência do governo federal”. O Governador de São Paulo também afirmou que a cidade de São Paulo segue as regras do Plano Nacional de Imunização (PNI).

O Rio recebeu 37.962 doses de vacina nesta quarta-feira (11/08), mas para vacinar as pessoas com 24 anos, são necessárias 68 mil doses de imunizantes. A cidade tem 84% da população coberta com a 1 º dose ou dose única e apenas 37,9% de pessoas com ciclo vacinal completo.

De acordo com o governador de São Paulo, o governo federal tem 11,2 milhões de doses de imunizantes estocados, que ainda não foram distriuídos aos estados pelo PNI.

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui