Taça da Libertadores no Maracanã - Foto: Divulgação

Pela quarta vez na história, o Estádio do Maracanã, na Zona Norte do Rio de Janeiro, será palco de uma final de CopaLibertadores. Às 17h deste sábado (30/01), Palmeiras e Santos se enfrentam em jogo único na decisão do principal torneio das Américas. Quem vencer, levanta a taça. Em caso de empate no tempo normal, a partida vai para a prorrogação, se estendendo por mais 2 tempos de 15 minutos cada. Se o placar continuar em igualdade, o título será decidido nos pênaltis.

A última vez que o Maracanã sediou uma final de Libertadores – e a única até então onde o campeão foi decidido no estádio – foi em 2008, quando o Fluminense perdeu o título nas penalidades máximas para a LDU, do Equador, após vencer no tempo normal por 3 a 1. À época, a competição era decidida em 2 jogos, e no confronto de ida, em Quito, o time equatoriano saiu vitorioso por 4 a 2.

Antes disso, em 1981, no inesquecível time de Zico, Júnior, Adílio, Andrade e companhia, o Flamengo derrotou o Cobreloa-CHI por 2 a 1 na primeira partida da final, levando importante vantagem para o Chile, onde, posteriormente, também venceu, por 2 a 0, e sagrou-se campeão.

Já a primeira vez que o icônico estádio recebeu uma final do torneio foi em 1963, quando o lendário Santos de Pelé, Coutinho e Pepe derrotou o Boca Juniors-ARG por 3 a 2 e deu grande passo para o bicampeonato, vencendo também, posteriormente, na Argentina, por 2 a 1, e levantando a taça em solo hermano.

Muito calor na cidade

Apesar da partida ter início em um horário que o clima já estará um pouco mais ameno, com o sol já se preparando para se pôr, um forte calor atinge o Rio de Janeiro nos últimos dias, com temperaturas ultrapassando os 40 graus. Neste final de semana, inclusive, a previsão é de mais tempo quente.

SERVIÇO

Finalíssima da Libertadores 2020 – Palmeiras x Santos

Data: 30 de janeiro de 2021 (sábado)
Horário: 17h (de Brasília)
Estádio: Maracanã

Provável Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Viña; Danilo, Zé Rafael, Gabriel Menino e Raphael Veiga; Rony e Luiz Adriano. Técnico: Abel Ferreira

Provável Santos: John; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Soteldo; Marinho, Lucas Braga e Kaio Jorge. Técnico: Cuca

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui