Respectivamente, Pedro Paulo, secretário municipal de Fazenda e Planejamento, e Eduardo Paes, prefeito do Rio - Foto: Beth Santos/Prefeitura do Rio

Foi lançado, na última quinta-feira, 15/07, o Plano Estratégico 2021-2024. Ao todo, serão 93 metas e um investimento de aproximadamente R$ 14 bilhões durante os próximos 4 anos.

O plano foi realizado em torno de 6 grandes eixos: Cooperação e Paz; Igualdade e Equidade; Longevidade, Bem-estar e Território Conectado; Desenvolvimento Econômico, Competitividade e Inovação; Mudanças Climáticas e Resiliência; e Governança.

Para Longevidade, Bem-estar e Território Conectado serão destinados R$ 8 milhões. Igualdade e Equidade (R$ 3,4 milhões), Mudanças Climáticas e Resiliência terão investimento de R$ 937 milhões. Cooperação e Paz é um eixo que vai receber 137 milhões de reais. Já Governança terá 757 milhões.

“O dinheiro vem do orçamento da Prefeitura, a partir de contas equilibradas e de um esforço fiscal para reduzir despesas”, afirmou Pedro Paulo, secretário municipal de Fazenda e Planejamento.

Entre as principais metas a serem elaboradas pelo Plano Estratégico estão, por exemplo: Aumento do Programa Saúde da Família (PSF) para 70% da população carioca; Cobertura de 100% do PSF para as áreas mais carentes da cidade; Diminuição do índice de desemprego anual de 14,7% para 8%;50% da quantidade total de alunos da rede municipal estudando em tempo integral.

De acordo com a Prefeitura do Rio, é preciso pensar a cidade com responsabilidade, resolvendo os problemas de hoje sem deixar de olhar para o futuro. Isso exige transformar ideias em objetivos concretos e superar dificuldades nos campos político, social, econômico e ambiental. Planejar aumenta o foco, a transparência e as chances de sucesso naquilo que se deseja alcançar.

Para a elaboração da estratégia, o Poder Executivo municipal ouviu mais de 300 especialistas do Conselho da Cidade e recebeu mais de 20 mil sugestões da população através das enquetes da iniciativa Participa.Rio.

9 COMENTÁRIOS

  1. Isso é mais uma forma de roubar , doi esse prefeito que acabou com o comércio do centro do Rj fazendo o vlt aqule grande elefante branco primeiro ele destrói depois vem com a promessa da solução , naobsei aonde que ele enfia tanto dinheiro não se cansa de roubar os cofres públicos , mais infelizmente não da em nada pq ele trabalha pro sistema ta cheio de processo e ate hj não foi preso , isso é uma vergonha. ????

  2. Os postos de saúde não tem nem remédio pra pressão alta que eu tenho que usar … Não tem transporte na zona oeste ,nem na zona Norte , os trens são péssimos nunca tem horário ,escolas fechadas segurança pública ,nem pensar… Bem feito pra quem votou nesse larápio que rouba é não faz ….

  3. Investir em clinica de familia? Isso é um fracasso. Nenhum paciente está satisfeito. Tem que fazer concurso publico isso sim. Serviço publico é com servidor. Os custos seriam muito menos para os cofres publicos. Essas Os’s só levam dinheiro e ninguém se dá conta disso e os profissionais mudam toda hora. Que medico de familia é esse que muda a todo momento?

    • Em tese você tem razão. Mas uma vez contratado o servidor, nunca mais se pode reduzir a despesa. Por isso, escolhe-se a OS. Reforma Administrativa JÁ, para haver flexibilidade na gestão pública.

  4. Mudanças Climáticas e Resiliência terão investimento de R$ 937 milhões. Espero que isso não seja dinheiro para ong e empreiteiro com desculpas para obras interminável com a desculpa de melhor o impacto ambiental. Porque não pensar simples pagar as dúvidas….melhorar a agilidade a controladoria e gestão da rede pública de saúde…para acabar com os médicos e funcionários fantasma….porque não tirar os guardas municipal de dentro do reboque e colocar eles nas ruas fazendo ronda e zeladoria dos espaços públicos?….é necessário um plano para a retomada do emprego no Rio…gerar mais indústrias, comércio e serviço… Chega de investimentos em obras e projetos apenas para retribuir as verbas de campanha construtoras…e aliados….

  5. Metas e indicadores = verniz de eficiência que inexiste no Estado Brasileiro. Este prefeito de merda está inaugurando mais um tipo de político: o demagogo bonitinho que finge que faz. Seria melhor se ele continuasse com suas orgias de pó e mamadeira nas madrugadas do Piranhão e deixasse o povo em paz.

  6. Interessante que fiz uma pequena conta Básica e somando as descrições de valores para cada área, vamos lá: (*em milhões )
    8 + 3.4 + 937 + 137 + 754 = 1.839.400
    Para 14 bilhões, creio q minha conta está errada ou será que são as contas mostradas que estão?

  7. Que tal um plano de metas para pagar as dívidas que você mesmo deixou, prefeito Paes Palho?

    – VLT Carioca e o Fundo Imobiliário
    – Porto Novo
    – BRT TransBrasil
    – Relicitação do BRT

    Antes de criar gastos novos… pague os gastos antigos!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui