Lucas Matheus, 8 anos; Alexandre da Silva, 10 anos; e Fernando Henrique, 11 anos | Foto: Reprodução/TV Globo

O desaparecimento de três meninos em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, completou 10 dias. A família, desesperada e recebendo diversos trotes e pistas falsas, acabou sofrendo um acidente nesta terça-feira (05/01). Dona Silvia, avó das crianças, e um tio deles estavam no carro, a caminho de uma sorveteria no bairro Jardim Tropical, em Nova Iguaçu, quando o pneu do veículo estourou e o carro capotou. Eles tiveram ferimentos leves.

A família estava indo à sorveteria após receberem informações de que as crianças haviam sido vistas na região. No caminho, houve o acidente. Os bombeiros foram chamados e levaram os familiares a um hospital em São João de Meriti.

Lucas Mateus, de 8 anos; Alexandre, de 10 anos; e Fernando Henrique, de 11 anos, desapareceram no dia 27 de dezembro. Os três saíram para brincar em um campo de futebol no bairro Castelar e não voltaram mais. De acordo com as famílias, os meninos sempre brincavam sozinhos na região, mas naquele dia não voltaram por volta das 14h, para almoçar, como era de costume. Os familiares estranharam e começaram as buscas por conta própria.

A polícia já recolheu 11 câmeras de segurança e fez buscas em 35 lugares, mas ainda não encontrou nenhuma pista.

A família conta que no campo ninguém viu os meninos. Os parentes já procuraram em hospitais, IML e delegacias, mas também não encontraram pistas. As mães das crianças relatam que se sentem desamparadas porque ainda não têm um advogado, inclusive da Defensoria Pública. Desde o dia do desaparecimento, as famílias receberam diversas ligações e mensagens com trotes e pistas falsas.

Quem tiver informações sobre Lucas, Fernando Henrique e Alexandre pode entrar em contato com a polícia, através do telefone 190, e também pelo WhatsApp da Fundação da Infância e da Adolescência (FIA), no número 98596-5296.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui