Dr. Jairinho - Foto: Gabriel Monteiro

Preso na manhã desta quinta-feira (08/04) por suposto envolvimento na morte do menino Henry Borel, o vereador Jairo Souza Santos Junior, mais conhecido como Dr. Jairinho, foi afastado pelo Solidariedade, partido ao qual pertence.

Por meio de nota oficial, a sigla, que aguardará a investigação ser concluída para definir oficialmente como fica a situação de Jairinho no partido, disse ”repudiar todo e qualquer tipo de maus tratos e violência”

”Nós, enquanto um partido formado por cidadãos que buscam um futuro melhor, manifestamos nosso repúdio a todo e qualquer tipo de maus tratos e violência, principalmente contra crianças e adolescentes. Lutamos pelos desfavorecidos e seguiremos atentos aos mais vulneráveis de nossa sociedade”, dizia trecho da nota.

Henry faleceu no último dia 08/03. O menino, de 4 anos, foi encontrado morto por volta das 03h30 no apartamento da mãe, Monique Medeiros da Costa e Silva, esposa de Jairinho. Embora o caso ainda esteja sendo investigado, a Polícia Civil do Rio de Janeiro descobriu, por exemplo, que o vereador costumava agredir a criança com chutes e golpes na cabeça e que Monique sabia disso pelo menos desde fevereiro.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui