Foto: Divulgação

A Lei nº 7004/2021, aprovada pela Câmara Municipal do Rio e sancionada pelo prefeito Eduardo Paes nesta segunda-feira (26/07), determina que os pedágios cobrados por concessionárias de vias municipais, como a Linha Amarela e a Transolímpica, deverão aceitar pagamento por meio de cartões de débito e crédito.

A lei determina ainda que em caso de problemas operacionais, os painéis de avisos espalhados pelas vias deverão informar a inoperância momentânea do serviço. Autor da lei, o vereador Felipe Michel (Progressistas) defende que atualmente os pagamentos em espécie têm sido cada vez menos adotados, e que a medida vai beneficiar os motoristas.

Há muito tempo venho acompanhando a situação do pedágio na Linha Amarela, que atualmente está na justiça federal. Já que ainda não temos um valor justo, precisamos facilitar a vida dos motoristas que passam por lá todos os dias, assim como na Transolímpica, que é ainda mais caro. Na era da tecnologia, as pessoas cada vez mais andam com menos dinheiro vivo, e são surpreendidas em locais que não aceitam cartão. Essa lei vai facilitar a vida desses motoristas e também diminuir a evasão“, disse Felipe Michel.

Assinam a coautoria os vereadores Rafael Aloisio Freitas (Cidadania), Felipe Michel (PP), Alexandre Isquierdo (DEM), Dr. Gilberto (PTC), Vera Lins (PP), Marcio Santos (PTB), Marcio Ribeiro (Avante), Celso Costa (Republicanos), Eliel Do Carmo (DC), Dr. João Ricardo (PSC), Dr. Rogerio Amorim (PSL), Jones Moura (PSD), Prof. Célio Lupparelli (DEM), Dr. Carlos Eduardo (Podemos), Tânia Bastos (Republicanos), Tainá de Paula (PT), Zico (Republicanos), Welington Dias (PDT), Luiz Ramos Filho (PMN), Rocal (PSD) e Carlo Caiado (DEM), além do ex-vereador Thiago K. Ribeiro.

2 COMENTÁRIOS

  1. Infelizmente é isso ai. Todos Marginais que assinaram isso. Vivem de extorquir o contribuinte. Não vamos esquecer desses bandidos travestidos de representantes do povo.

  2. Infelizmente é isso ai, Todos Marginais que assinaram isso. Vivem de extorquir o contribuinte. Não vamos esquecer desses bandidos travestidos de representantes do povo.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui