Foto: Globo

Presa no último dia 11/07, por tráfico internacional de armas, Elaine Lessa teve um pedido de liberdade negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Elaine é mulher do policial reformado Ronnie Lessa, acusado de matar a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes, em março de 2018.

O mandado de prisão também se estende a Ronnie, que já estava preso em uma cadeia de segurança máxima no Rio Grande do Norte. Ele e Élcio Franco vão a júri popular pelo assassinato da parlamentar.

O novo pedido de prisão foi feito com base na investigação que aponta a academia Supernova, da qual Elaine e Ronnie são sócios, como destinatária de 16 quebra-chamas para fuzil AR-15.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui