Foto: Foto: Renan Olaz/CMRJ

O vereador Pedro Duarte (NOVO) e equipe se debruçaram sobre a apresentação do balanço fiscal do 1º semestre da nova gestão municipal para analisar profundamente os números divulgados. Dos 9 pontos analisados pela equipe do vereador, é possível destacar que as despesas com funcionários permanecem em alta e os investimentos em baixa – em 6 meses, o município do Rio de Janeiro demonstrou gasto com pessoal em patamar semelhante ao de 2020. Em investimentos, apenas R$ 20 milhões foram utilizados!

As receitas tributárias estão praticamente estagnadas. O ISS cresceu apenas 0,46% no primeiro semestre desse ano, e o IPTU teve decréscimo de 0,86%. O ITBI representou o único diferencial com um aumento de 70,31% na receita.

Além disso, a previdência segue em déficit crescente. A realização de receitas previdenciárias no montante de R$ 2,18 bilhões no período, face a despesas liquidadas de R$ 2,59 bilhões, resultaram em um déficit previdenciário de R$ 417 milhões. Considerando a contribuição suplementar de R$ 950 milhões no período, o déficit real do fundo nesse semestre já totaliza R$ 1,37 bilhões

O vereador Pedro Duarte destaca que acompanhar os números oficiais apresentados pela Prefeitura e comprovar sua veracidade é um trabalho importante de fiscalização. “A apresentação dos dados pela Prefeitura é uma demonstração clara de transparência, e a parabenizo por isso. Fiscalizamos para garantir um retorno aos pagadores de impostos que se preocupam com o emprego do seu dinheiro. Além disso, analisar o trabalho da Prefeitura é importante para contribuirmos com a ordem e organização das finanças públicas.” finaliza.

O documento completo com toda a análise realizada pela equipe do vereador Pedro Duarte pode ser acessado aqui: https://bit.ly/6mesesPrefeituraRio

1 COMENTÁRIO

  1. Enquanto isso, prefeito Paes Palho quer investir em filminhos do “barquinho vai, a tardinha cai”. Não, meu senhor! Tem que resolver o déficit, pagar o VLT Carioca, a Porto Novo, os fornecedores, o BRT Transbrasil, os servidores, etc etc etc!

    A imprensa tem de esfregar as responsabilidades na cara deste irresponsável. Votei nele para ele retomar e resolver a rebordosa que ele deixara em 2016: um cofre municipal estourado e falido.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui