Calçadão de Ipanema | Foto: Reginaldo Pimenta

A cidade do Rio de Janeiro não teve mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Essa foi a primeira vez desde o início da pandemia que o município não registrou óbitos pela doença no intervalo de um dia. A informação foi divulgada neste domingo (21/11) pelo Twitter da Secretaria Municipal de Saúde. Também não houveinternações pela doença nos hospitais da rede municipal.

Ficamos muito emocionados em escrever isso pra vocês: pela primeira vez desde o início da pandemia, a cidade do Rio de Janeiro não registrou nenhum óbito por covid neste último sábado, dia 20/11. Também não tivemos nenhuma internação pela doença nos hospitais municipais“.

Veja a postagem:

O prefeito Eduardo Paes também comemorou a marca em seu Twitter, destacando que na última semana, a Capital Fluminense teve uma média de três óbitos de Covid-19 por dia.

“Grande notícia que me foi passada agora pelo secretário [municipal de Saúde] Daniel Soranz. Na última semana tivemos uma média de três óbitos de COVID-19 por dia. E ontem, 20/11, pela primeira vez não tivemos nenhuma notificação de sepultamento ou óbitos por COVID-19. Vamos prevalecer! Viva a vacina!”

Confira o post:

Rio zera fila de internações

No sábado (20/11), a prefeitura já havia informado que que a cidade zerou as internações por Covid nos hospitais da gestão municipal.

A SMS também divulgou que o Rio atingiu a marca de 12 milhões de pessoas vacinadas.

Mortes por Covid caem mais de 60% no RJ

Dados da 57ª edição do Mapa de Risco da Covid-19, divulgados na sexta-feira (19/11) pela Secretaria de estadual de Saúde (SES), mostram uma queda de 61% nos óbitos provocados pela doença em todo estado. A análise compara as semanas epidemiológicas 44 (de 31 de outubro a 06 de novembro) e 41 (de 17 de outubro a 23 de outubro). Esta é a 12ª semana consecutiva com classificação geral do estado em bandeira amarela, de risco baixo para transmissão da Covid-19.

Segundo a SES, com o avanço da campanha de imunização e a diminuição de transmissão da doença, a taxa de ocupação segue em queda sustentável. A de UTI está em 28%, e a de enfermaria, em 17%. Todas as regiões de Saúde apresentaram taxas inferiores a 50%. Por isso, leitos que antes eram apenas destinados ao tratamento de pacientes com Covid-19 foram revertidos para outras especialidades.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui