Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira (21/05), a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado do Rio de Janeiro (Pesagro-Rio), vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, inaugura as novas instalações do laboratório de solos do Centro Estadual de Pesquisa em Horticultura, no município de Nova Friburgo. A estrutura estava fechada há seis anos e volta a ficar disponível para os mais de 160 mil agricultores do estado do Rio de Janeiro.

O Lab-Solos tem como objetivo atender as necessidades de análises demandadas por projetos de pesquisa científica desenvolvida pela Pesagro-Rio e instituições parceiras, assim como atender a necessidade do produtor rural que precise dessa tecnologia para ser aplicada como base de um desenvolvimento sustentável sem seus cultivos agrícolas.

Para o secretário de Agricultura, Marcelo Queiroz, a reabertura do laboratório enfatiza a importância da Pesagro-Rio na pesquisa aplicada à melhoria de vida do produtor rural, com a introdução de novas tecnologias para o desenvolvimento sustentável.

As pesquisas de solos são à base de qualquer agronegócio e permite ao produtor rural não só a melhoria da sua produção, como a busca por soluções mais eficazes para gestão da sua lavoura“, explica o secretário.

Com o novo laboratório, o produtor rural poderá entregar a amostra de solo diretamente na sede, localizada na Estação Experimental da localidade do Campestre ou entregar no Banco de Alimentos na CEASA-Conquista em Nova Friburgo. Também poderá enviar a amostra pelos correios para os endereços que contam no site da Pesagro.

A análise da terra é uma das ferramentas essenciais para o uso racional de fertilizantes e corretivos e para a preservação ambiental, ao evitar o uso excessivo ou desnecessário de adubos. Com os resultados da Análise de Rotina da Fertilidade do Solo, o produtor poderá seguir uma correta recomendação de adubação e calagem; evitar os desequilíbrios nutricionais nas culturas; o desperdício e gastos com insumos desnecessários, dentre outros benefícios“, ressalta o diretor técnico da Pesagro, Silvio Galvão.

Já o presidente da empresa, Paulo Renato Marques, destaca a importância da reinauguração do laboratório de análise de solos para alcançar os objetivos organizacionais da Pesagro.

Nossa missão enquanto empresa de pesquisa é viabilizar soluções tecnológicas que auxiliem o desenvolvimento rural do estado do Rio, e é fundamental que o produtor tenha acesso a esse tipo de tecnologia. É a análise de solos que permite a otimização da produção de qualquer cultura, o que em última análise significa mais receita para o pequeno produtor“, afirma o presidente.

A nova estrutura da Pesagro-Rio permitirá que os produtores adotem estratégias mais eficazes na gestão dos respectivos solos, otimizando suas produções e obtendo mais lucro. O produtor interessado em realizar a Análise de Rotina da Fertilidade do Solo e obter mais informações sobre a coleta e envio do material pode entrar em contato através do WhatsApp (22) 98816-1616, e-mail labsolos@pesagro.rj.gov.br, do site pesagro.rj.gov.br, ou dos demais canais de comunicação da empresa.

A inauguração do novo laboratório de análise de solos será transmitida on-line através do Youtube e pelas redes oficiais da Pesagro.

Conheça o Labs-Solos

A Pesagro-rio realiza a análise do solo em seu laboratório e com isso ajuda aos produtores rurais a aumentarem a sustentabilidade de suas atividades, são diversos tipos e técnicas para se fazer a análise do solo, sendo o método mais simples e tradicional a realização da “Análise Química de Rotina da Fertilidade do Solo”, que se trata de um procedimento consolidado e que foi a base para definição das orientações de recomendação de adubação e calagem realizadas pela pesquisa.

Os resultados obtidos na Análise de Rotina de Fertilidade do solo são: Fósforo Disponível (P); Potássio Trocável (K+); Cálcio Trocável (Ca2+); Magnésio; Trocável (Mg2+); Alumínio Trocável(Al3+); Acidez Potencial (H+Al); Acidez Ativa (pH); Matéria Orgânica (M.O.); Soma de Bases (Sb); Saturação por Bases (V%); Saturação por Alumínio (m%); Capacidade de Troca Catiônica (CTC).

Com os resultados da Análise de Rotina de Fertilidade do Solo, o produtor poderá:
• Seguir uma correta recomendação de adubação e calagem;
• Evitar os desequilíbrios nutricionais nas culturas;
• Evitar o desperdício e gastos com insumos desnecessários;
• Realizar um planejamento para compra de corretivos e fertilizantes e para obtenção de financiamento bancário;
• Minimizar danos ao meio ambiente;
• Escolher adequadamente variedades mais adaptadas às condições de fertilidade;
• Otimizar as respostas de produtividade das lavouras e com isso aumentar seus lucros.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui