Táxi circulando na Zona Sul do Rio - Reprodução: Internet

Corridas canceladas, demora para os carros chegarem ao local de embarque, preços mais altos… Estes são alguns dos motivos pelos quais muitas pessoas estão migrando dos aplicativos de transporte e voltando a andar de táxi. Segundo pesquisa da plataforma “Vá de Táxi“, houve um aumento de 60% na demanda por táxis nas principais capitais do Brasil, entre elas o Rio.

Falando da capital fluminense, além do excesso de cancelamentos quando motoristas escolhem fazer viagens que trarão maior retorno financeiro, há ainda os casos dos que não querem ir a determinados locais por se tratar de “áreas de risco”, tornando ainda mais difícil conseguir um carro. Esta é uma reclamação muito frequente dos cariocas. O pior acontece quando o motorista imagina que uma dada região seja de risco, e ela na verdade não é. “Confundem aclive com favela“, disse ao DIÁRIO Wellington Silva, corretor de imóveis que atua nas regiões de Santa Teresa e Saúde. Este último foi até eleito o bairro mais legal do Brasil pela revista internacional Time Out.

O levantamento relaciona o aumento de procura pelos táxis à enorme gama de problemas que os clientes vêm tendo nos serviços dos aplicativos. Ao “Diário do Transporte”, o diretor de Produto da Vá de Táxi, Fernando Chavarro, afirmou que todo este crescimento se deu devido à migração de usuários:

“Nosso crescimento tem sido em torno de 18% mês a mês nos últimos seis meses”, afirmou, e completou falando dos problemas dos apps: “parece que esses motoristas não são punidos por causa dos cancelamentos. Ou seja, esses aplicativos estão se esquecendo da experiência do usuário final, desrespeitado com esse comportamento”.

Alguns aplicativos inclusive deixaram de existir nos últimos tempos, como ocorreu com o Cabify.

2 COMENTÁRIOS

  1. Uber pagando R$ 1,28 o km rodado os cancelamentos continuaram acontecendo , além de não mostrar o destino exato do desembarque do passageiro , ainda ficando com até 40 % do valor do corrida . Só vale a pena se estiver dinâmico .

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui