Cesar Maia Foi divulgada hoje pesquisa Datafolha para o Senado no Rio de Janeiro, realizada entre os dias 23 e 24 de agosto. A pesquisa mostra a contínua queda de Crivella (PRB), que no início das eleições tinha 42%, foi para 40% e agora tem 37%. Já Cesar Maia (DEM) oscila 1% para baixo, ficando com 32%, no início das eleições tinha 31%. Assim com uma diferença de 5% entre os dois, ficam tecnicamente empatados, a diferença na pesquisa anterior era de 7 pontos.

Já os candidatos Lindberg (PT) e Picciani (PMDB) voltaram a subir dois pontos. Lindberg aparece com 24% das intenções de voto e Picciani com 16%. Logo depois vem Waguinho (PT do B)com 7%, Milton Temer (PSOL), com 5%, Marcelo Cerqueira (PPS), com 4%, e Carlos Dias (PT do B) tem 2%. Wladimir Mutt (PCB) e Heitor (PSTU) são citados por 1% dos entrevistados cada um. Claiton (PSTU) foi citado, mas não chegou a 1%.

 

O interessante é notar que os votos começam a se consolidar. Se na última pesquisa eram 45% de indecisos, nesta o número ficou em 26% para as duas vagas e 16% para uma das vagas. Brancos e nulos também caíram de 25% para 19% em uma das vagas, e 10% nas duas vagas.

 

A tendência é que Cesar Maia passe Crivella, afinal o Bispo conta com pouquíssimo tempo de Tv, alta taxa de rejeição e perdeu seu maior cabo eleitoral, Lula. E a situação ainda pode piorar para o atual senador, com a subida de Lindberg a lhe morder o calcanhar e embolar com Picciani.

 

O Datafolha ouviu 1.274 eleitores em 30 municípios do Rio de Janeiro. Contrata pela Folha e pela Rede Globo, a pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número 25.435/2010.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui