Foto: Reprodução

Apesar do ano difícil, a pandemia da Covid-19 motivou os empreendedores da cidade a investir nas plataformas digitais e com isso driblar a crise. De acordo com o Sebrae, que monitora a situação das micro e pequenas empresas, além do MEI, entre os pequenos negócios, em um universo de 473 empresários, 46% lançaram novos itens ou ampliaram o mix de produtos ou serviços.

A pesquisa do Sebrae também aponta que 70% das empresas passaram a realizar suas vendas por canais digitais como aplicativos e redes sociais. Os empreendedores preferem vender pelo whatsapp, facebook, instagram, site próprio e aplicativos de entrega.

Raquel Abrantes, coordenadora de Mercado do Sebrae-Rio, ressalta que a principal característica do momento foi a adaptação e migração das empresas do offline para o online.“Houve uma verdadeira mudança de postura tanto do empreendedor quanto do potencial cliente. A internet e a conectividade ajudaram muito com um posicionamento rápido de mercado e de novas conquistas comportamentais. Percebemos que os empreendedores que se adaptaram às novas diretrizes impostas pela pandemia, conseguiram se posicionar de forma favorável e enxergaram os desafios como oportunidades”.

Entre as ferramentas digitais, o whatsapp business é o preferido das micro e pequenas empresas, seguido de aplicativo de gestão ou programas de software, propagandas nas redes sociais, google meu negócio, ferramenta para gestão de clientes (CRM) e automação de processos. Com a nova rotina, os empreendedores estão cada vez mais usando estratégias para entender o comportamento dos seus consumidores.

Mas mesmo apostando na inovação, a pesquisa constatou que 52% dos pequenos empresários ainda relatam dificuldades para manter o negócio. Para 27% as mudanças impostas no período foram importantes para o negócio, 13% acham que o pior já passou e 8% seguem otimistas com as oportunidades que surgiram.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Vanessa Costa

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana.
Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui