Pesquisa Prefab mostra Cláudio Castro isolado em 1º lugar para governador do Rio em 2022

Em pesquisa Prefab Future mostra grandes crescimento de Cláudio Castro, enquanto Marcelo Freixo continua caindo

Cláudio Castro - Foto: Rogério Santana

Pesquisa Prefab divulgada nesta segunda-feira, 15/8, mostra o candidato a reeleição, Cláudio Castro (PL), isolado em 1º lugar, com 22,8%, se descolando, assim, totalmente de Marcelo Freixo (PSol) que teve 9,6% das intenções de voto. Para efeito de comparação, na sondagem de junho, que ainda tinha o ex-governador Anthony Garotinho (UB) na disputa, Castro liderava com 15,1%, seguido de Freixo com 11%. A pesquisa ouviu 2.000 pessoas do dia 6 de agosto a 10 de agosto, tem margem de erro de 2,19%, intervalo de confiança de 95%, checagem de 80% da amostra e é registrada no TSE sob o número RJ-00766/2022.

Pelo gráfico acima, se vê o crescimento acentuado de Castro, especialmente com a saída de Garotinho da corrida, e uma contínua queda de Freixo. Já Rodrigo Neves (PDT), ao contrário, volta a subir e pode pôr em risco, inclusive, a ida do socialista para o segundo turno. Isso se não houver uma vitória de Castro ainda no 1º turno, para o professor Henrique Serra, diretor do Instituto Prefab, “Enquanto Claudio Castro segue crescendo, Marcelo Freixo estaciona na faixa dos 10%. A sondagem a governador do Rio mostra que o crescimento de Castro está associado não só ao crescimento de Bolsonaro como também mostra que o eleitorado de Garotinho migrou majoritariamente para o atual governador“.

Veja os números do modelo estimulado para governador:

  • Cláudio Castro – 22,8%
  • Marcelo Freixo – 9,6%
  • Rodrigo Neves – 4,7%
  • Cyro Garcia – 1,6%
  • Wilson Witzel – 1,2%
  • Eduardo Serra – 1%
  • Paulo Ganime  – 0,6%
  • Branco ou Nulo – 21%
  • Não sabe/Indeciso – 37,5 %

É difícil imaginar que hoje este eleitor indeciso caminhe para Freixo, um candidato mais conhecido e que só não é mais rejeitado que Wilson Witzel (PMB), ex-governador e que sofreu impeachment. Enquanto Castro, apesar de governar o Rio de Janeiro tem uma taxa de rejeição baixíssima, o mesmo com Neves com apenas 1,7%.

Veja a rejeição dos candidatos:

  • Cláudio Castro – 5,3%
  • Marcelo Freixo – 17,6%
  • Rodrigo Neves – 1,7%
  • Cyro Garcia – 3,2%
  • Wilson Witzel – 22,6%
  • Eduardo Serra – 0,9%
  • Paulo Ganime  – 0,8%
  • Não rejeito nenhum – 15,4%
  • Não sabe/Indeciso – 32,5%

A eleição começa de fato nesta terça-feira, 16/8, e é uma corrida de apenas 45 dias. A situação se mostra muito confortável para Cláudio Castro, que apesar de ter tido dez dias de cão com o escândalo da Ceperj mostrou crescimento em seus números e mantém uma rejeição baixa. Enquanto Freixo continua em uma queda contínua e pode até ser abandonado pelo próprio PT.

Eu, Serra, Mário Marques e Jackson Vasconcelos falamos deste e outros temas da pesquisa em uma live.

Advertisement

8 COMENTÁRIOS

  1. Leia o texto deste sujeito aqui abaixo e você irá ver o nível desta ralé esquerdista/comunista. Gentalha de último nível: este é o nível deles!.

  2. Votar no Freixo é votar na bandidagem! VIVA CLÁUDIO CASTRO. Sou professor e sei o q passamos com os governos de Bendita, Cabral e Garotinho!!! PT, NUNCA MAIS!

  3. O editor desse site que é um lixo porque vive de ADsense chama 21% para 17% de isolado é um grande jumento. 4% é variação e magem de erro. Então Lula co 45% e bolsonaro com 34% está isoladissimo? Seu desonesto moral e intelectual. Jornal financiado pela mamadeira de pirokka bolsonarista. Isso é Jornalixo de QUINTA em troca de trocados. Os fascistas voltaram para latrina da historia

  4. Sou Funcionário Público do Estado (SEEDUC-RJ) e passamos, com a tal de Benedita e Sérgio Cabral, péssimos anos: salário atrasado, pagamento no 10º dia útil, 13º atrasado, parcelado etc. Nossa vida era um inferno: ficávamos pagando juros para os bancos, pois não tínhamos dia certo para receber o pagamento, logo, tínhamos que recorrer ao Cheque Especial etc. Todos os Funcionários Públicos do Estado sabem do que estou falando, da realidade/verdade.
    Eu achava que o Cláudio Castro seria a continuação de Sérgio Cabral, mas NÁO, não foi e nem está sendo: colocou pessoas competentes, da área, pra gerir as finanças/Economia do nosso Estado – tirou o Rio de Janeiro do fundo poço e tem feito, na minha opinião: um ótimo governo para o nosso Rio de Janeiro. Não tenho partido, vivo na realidade!.
    Esquerda/comunismo NUNCA MAIS: estes maldivos acabam com tudo que botam as mãos: vide Venezuela, Argentina e, agora, o Chile – é só pobreza e miséria, tristeza e sofrimento para o Povo!.

    Vamos votar:
    Cláudio Castro Governador!!!.
    Bolsonaro Presidente!!!.

    • Seu sem vergonha. 27 mil funcionarios fantasmas e uma mochila cheia de dinheiro e eleito pela milicia. Até na alemanha nazist tinha professores. Um professor como você não deveria nem ter passado em concurso. Aliás o Concurseiro é contra o extado minimo e defente o fascista miliciano e ladrão do Bolsonaro! Esperar o quê. Que milhares de jovens não tenha tido aula com um encolhedor de cerebro como você enquanto assiste o desmote da educação. Decrépto

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui