Foto Cleomir Tavares/Diário do Rio

As pessoas com deficiência e mobilidade reduzida terão direito de desembarque fora dos pontos de ônibus. É o que determinada o projeto de lei 200/2017, aprovado em sessão extraordinária, na tarde desta quarta-feira (29/09) na Câmara de Vereadores do Município do Rio de Janeiro.

De acordo com o projeto de lei de autoria do vereador Dr. Gilberto (PTC), os usuários do transporte coletivo municipal com deficiência e mobilidade reduzida o direito de desembarque entre os pontos de ônibus, desde que respeitado o itinerário da linha e as exigências do Código Nacional de Trânsito. A matéria foi aprovada em 2ª discussão e segue para sanção ou veto do Poder Executivo.

O direito de desembarque entre as paradas obrigatórias, estabelecido no projeto, não se aplica aos corredores exclusivos de ônibus do Sistema Públicode Transporte. Nestas vias, o desembarque ser feito exclusivamente nas paradas obrigatórias e estações.

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui