Sérgio Cabral e Luiz Fernando Pezão Foto: Paulo Nicolella / O Globo

Em depoimento, o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral confirmou que o ex-vice-governador Luiz Fernando Pezão recebeu propina durante os oito anos de governo. Em declaração dada à GloboNews, Pezão, nega o envolvimento na ação e relembra o conselho que deu a Cabral no último encontro que tiveram, em novembro de 2016, 15 dias antes da prisão do ex-governador.

Fui à casa dele em Mangaratiba e relatei ter ouvido sobre contas no exterior que seriam de Cabral. Sugeri, então, que ele repatriasse o dinheiro, legalizasse tudo. Cabral disse que eu era piloto de trem fantasma, que estava dando ouvindo a boatos e reclamou que estava indo a Mangaratiba estragar o fim de semana dele“.

Questionado se nunca desconfiou dos sinais exteriores de riqueza de Cabral, inclusive a mansão de Guaratiba, onde, segundo ele, ocorreu o último encontro entre os dois, Pezão contou que “Cabral sempre disse que vivia bem por conta do sucesso do escritório da mulher“, a advogada Adriana Ancelmo.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui