Reprodução: Congresso

Dois aparelhos celulares foram achados e apreendidos, nesta quinta-feira, 18/02, na sala onde o deputado federal Daniel Silveira (PSL) está preso, na Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro.

A Corregedoria da PF abriu uma sindicância para apurar a ocorrência.

A previsão é que Daniel Silveira seja transferido, ainda nesta quinta, da Superintendência da PF no Rio, na Praça Mauá, para a Unidade Prisional da Polícia Militar.

Após a audiência de custódia, o juiz Airton Vieira, auxiliar do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu, também nesta quinta-feir, manter a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ).

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui