Otoni de Paula - Foto: Reprodução/Internet

O deputado federal pelo Rio de Janeiro Otoni de Paula (PSC) é alvo, nesta sexta-feira (20/08), de uma operação da Polícia Federal (PF) após um mandado de busca e apreensão expedido pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

”O objetivo das medidas é apurar o eventual cometimento do crime de incitar a população, através das redes sociais, a praticar atos violentos e ameaçadores contra a Democracia, o Estado de Direito e suas Instituições, bem como contra os membros dos Poderes”, afirmou, por meio de nota oficial, a PF.

Vale ressaltar que, além de Otoni, que teve seu gabinete na Câmara dos Deputados vasculhado, outras 9 pessoas estão sendo investigadas, entre elas o cantor sertanejo Sérgio Reis. Os mandados foram cumpridos no Rio de Janeiro, Ceará, Distrito Federal, Mato Grosso, Paraná, Santa Catarina e São Paulo.

O pedido ao STF para a realização da ação partiu de Lindora Araújo, subprocuradora da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Confira as 10 pessoas investigadas na ação da PF

  • Alexandre Urbano Raitz Petersen;
  • Antônio Galvan;
  • Bruno Henrique Semczeszm;
  • Eduardo Oliveira Araújo;
  • Juliano da Silva Martins;
  • Marcos Antônio Pereira Gomes (Zé? Trovão);
  • Otoni Moura de Paulo Júnior (Otoni de Paula)
  • Sergio Bavini (Sérgio Reis)
  • Turíbio Torres;
  • Wellington Macedo de Souza.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui