Soro criado pelo Instituto Vital Brazil, que será produzido em larga escala - Foto: Divulgação

No último dia 13/08, você leu aqui no DIÁRIO DO RIO que o Instituto Vital Brazil (IVB), vinculado à Secretaria de Estado de Saúde, havia produzido um soro para tratar casos de Covid-19. Ele foi criado após um estudo realizado com cavalos, que descobriu que o plasma sanguíneo dos animais produz anticorpos de 20 a 50 vezes mais potentes dos que os gerados por seres humanos. A pesquisa foi feita em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Pois bem, a utilização do soro está cada vez mais perto de ser colocada em prática. Na última quarta-feira (19/08), cientistas do Vital Brazil estiveram reunidos com técnicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e ficou definido que o estado do RJ vai produzir em larga escala o utensílio medicinal. A expectativa, inclusive, é que isso aconteça já para os próximos 2 meses, assim que encerrado o período de testes clínicos, que são obrigatórios.

”A conversa na última quarta-feira com a Anvisa foi muito positiva, melhor do que esperávamos. Agora vamos para o período de teste clínico, que a agência reguladora solicita para registro do produto. Só depois dessa permissão para assim iniciar a produção em larga escala”, diz Adilson Stolet, presidente do IVB.

Vale ressaltar que, nesse período de 2 meses, o teste clínico será liberado para pacientes já infectados pela doença. A testagem será realizada em parceria com o Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (Idor).

”O soro vai contribuir para todo o país, vai ajudar reduzir o número de pacientes internados e ajudar a neutralizar o vírus em muitas pessoas. Por isso, há o interesse de todas as partes para que seja aplicado em certa urgência nos pacientes. Será cedido de graça aos pacientes do Coronavírus”, complementa Stolet.

Ainda segundo Adilson, o IVB tem capacidade para produzir, anualmente, cerca de 100 mil soros contra o Coronavírus.

Para o governador do RJ, Wilson Witzel, a pesquisa do Vital Brazil entra para a história por seu pioneirismo no tratamento contra a Covid-19: ”Em breve, vamos poder ajudar as pessoas em todo o país, e até outros países, a combater essa pandemia devastadora. A descoberta do soro é resultado dos investimentos do nosso governo em pesquisas científicas. Foram R$ 440 milhões desde o ano passado. Desse total, R$ 35 milhões foram destinados a estudos relacionados à Covid-19. Além disso, vamos aportar mais R$ 2 milhões para concluir a produção do soro anti-SARS-CoV-2.”



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

8 COMENTÁRIOS

  1. Parece que eu ouvi do ex sinistro da educação que nas faculdades só havia esquerdistas, maconheiro e gente querendo mostrar o c*.
    Um pulha, evidentemente, pensaria assim.

  2. moro em Niterói…meus parabéns ao pessoal do Instituto Vital Brazil..pois o Brasil precisa urgentemente de um soro deste Pará salvar as pessoas…Parabéns à todos…que seja aprovado logo.

  3. A pandemia fez o mundo aprender que os Estados são cada vez mais importantes em ações estratégicas nos países. Pesquisas, em todos os campos, tem que ser estimuladas e pesquisadores devem ser bem remunerados e treinados continuamente.

  4. ParQue Deus ,lá no Céu venha dar mais inteligência, abrir a mente desses cientistas, que não medem esforços para , desenvolver uma vacina , dia e noite, estudando, mas dependemos do tempo de Deus, creio que já está chegando, esse dia de imobilizar esse vírus, para Deus nada e impossível.

  5. Parabéns ao Instituto Vital Brasil!
    Parabéns ao pesquisadores e ao investimento nessa grande descoberta, parabéns para estes cientistas que incansavelmente tentam a todo custo realizar conquistas que irão salvar vidas, enquanto outros desafiam o vírus e não respeitam o próximo nem a vida, que contraste nessa nossa sociedade! Mas, apesar de tudo, precisamos, ainda, ter fé na humanidade e
    Enaltecer e agradecer esses Cientistas Cariocas!!! O mundo precisa de vocês! que Deus cubram todos de muitas bênçãos por essa descoberta. Muito obrigada!?

  6. BOM DIA.
    NOTÍCIA PRODUZIDA PELA VITAL BRASIL….AO MENOS ELES ESTAVAM RECEBENDO SUAS REMUNERAÇÕES E, ASSIM, NÃO TIVERAM PROBLEMAS COMO CONTAS A PAGAR…SUAS FAMÍLIAS NÃO SOFRERAM AS AGRURAS QUE O PESSOAL CONTRATADO PELO IABAS….SEM REMUNERAÇÃO….
    CONGRATULO A EQUIPE….

  7. Viva o Instituto Vital Brasil!
    Carioca, atualmente em Floripa, não posso deixar passar em branco esta conquista. Precisamos demais deste soro! Parabéns aos pesquisadores do IVB, aos cariocas e a todos os brasileiros! É nóis!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui