Washington Fajardo - Foto: Reprodução

A Prefeitura do Rio de Janeiro, através da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano, realizou na terça-feira (07/06) a primeira de uma série de audiências públicas para a revisão do Plano Diretor da cidade. Dom transmissão ao vivo pelo Youtube, a audiência discutiu o tema “Clima e Meio Ambiente” e suas relações com o planejamento e com os compromissos de sustentabilidade da cidade.

Para o Secretário de Planejamento Urbano, Washington Fajardo, os padrões de expansão e desenvolvimento da cidade são preocupantes. “Desenvolver uma cidade que cresce sem se expandir, ou seja, que cresce no mesmo lugar, preserva recursos naturais e que adensa nas áreas com boa infraestrutura é um desafio. Pretendemos que esse Plano Diretor possa trazer novos paradigmas e que o ordenamento territorial da cidade seja promotor de habitabilidade e de inclusão”.

Viviane Tardelli, representante do NUTH – Núcleo de Terras e Habitação da Defensoria Pública do Estado do Rio, pontuou preocupações com a questão ambiental e a habitação na cidade. “Precisamos pensar em soluções que consigam permitir o convívio harmônico dessas duas proteções: o direito à vida e ao ambiente saudável e também o direito social à moradia, assim como prevê a Constituição”.

Já o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Eduardo Cavaliere, apontou o Plano Diretor como mais um instrumento para uma boa política ambiental. “A cidade acabou de lançar seu pacote climático, que apresenta metas ambiciosas para 2050 e metas claras para 2030. É necessário usar os instrumentos da Prefeitura, assim como o Plano Diretor, para que a gente alcance essas metas”.

Além da participação de autoridades e técnicos do poder público municipal, o debate contou com a presença, na sala virtual, de representantes da sociedade civil organizada, entidades convidadas, vereadores e da população em geral. “Como cidadão carioca, que mora no Rio e que vive essa cidade, estou aqui para discutir o Plano Diretor que, sem sombra de dúvidas, é um dos documentos mais importantes para a gestão democrática da cidade”, disse o vereador Tarcísio Motta (PSol).

Novas audiências serão realizadas

Nesta terça-feira (08), às 19 horas, será realizada a Audiência Pública sobre Vulnerabilidades Sociais. Na quarta (09) é a vez do tema Economia Urbana. Os dois encontros serão realizados de maneira remota, através do Aplicativo Zoom e também serão transmitidos ao vivo pelo canal da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano no Youtube. Na semana que vem, serão realizadas as Audiências Públicas Regionais, que serão híbridas, ou seja, presenciais e remotas.

Para informações sobre datas, horários, endereços e inscrições, acesse https://linktr.ee/planodiretor.rio

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui