A GM também terá foco na fluidez do trânsito e segurança viária. - Foto Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

Para garantir o patrulhamento do segundo turno das Eleições 2020, que acontece neste domingo (29/11), a Polícia Militar e a Guarda Municipal mobilizaram quase 15 mil homens. Além da capital, os municípios de São João de Meriti, São Gonçalo, Petrópolis e Campos dos Goytacazes também voltarão às urnas para a decidir quem assume a prefeitura.

A Polícia Militar destacou 13.440 militares com viaturas para 2.025 locais de votação, vias urbanas e rodovias. A PM atuará também na escolta das urnas eletrônicas e na segurança dos polos eleitorais, onde são guardadas as urnas para a contabilização dos votos. Os drones, que foram utilizados no primeiro turno, voltarão a ser empregados, sobrevoando bairros da Região Metropolitana e transmitindo imagens em tempo real para os centros de operações.

Na capital, a Guarda Municipal mobilizou 1.028 guardas; 588 deles vão atuar em 141 locais de votação. As equipes atuarão em turnos, a pé e também com auxílio de 58 viaturas e 24 motocicletas em todas as regiões da cidade. A Guarda Municipal também vai apoiar o Tribunal Regional Eleitoral em dez pontos de interdição viária nos bairros do Centro do Rio, Cidade Nova, Irajá, Méier, Olaria, Sulacap, São Cristóvão e Campo Grande, durante o transporte e distribuição de urnas eletrônicas.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui