Inspirado na filosofia de policiamento de proximidade, o programa Pamesp Bairro Seguro foi implantado nesta nesta quarta-feira (18/11) pela Secretaria de Estado de Polícia Militar do Rio de Janeiro em Jardim Sulacap e na região da Avenida Abelardo Bueno, em Jacarepaguá. Pamesp é a sigla usada pela PM para referir-se ao Patrulhamento Motorizado Especial.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Nessa primeira fase do programa, 20 policiais militares foram capacitados para atuar nas duas regiões com braçadeiras de identificação do programa e veículos adesivados com faixa azul e o símbolo do Pamesp Bairro Seguro, além da identificação da unidade operacional à qual pertencem – no caso 14º BPM (Bangu) e 18º BPM (Jacarepaguá). Os policiais vão atuar em dupla, 24 horas por dia. 

Focado na prevenção e colaboração comunitária, o Pamesp Bairro Seguro foi concebido a partir da elaboração do Plano Estratégico da corporação, lançado no início deste ano, estabelecendo como meta prioritária o policiamento de proximidade. Novas equipes serão formadas para estender o programa a outras regiões do estado.

A missão dessas equipes será atuar preventivamente como complemento ao policiamento dos batalhões da área, visando ampliar a sensação de segurança. Os policiais do novo programa estabelecerão contato permanente com a comunidade local – associação de moradores, comerciantes e entidades civis comunitárias em geral. Esse contato com a comunidade possibilitará, além da integração, o acesso a informações sobre demandas locais na área de segurança.

O Pamesp Bairro Seguro não substituirá a atuação emergencial dos setores de radiopatrulha, acionada pelo serviço 190, mas poderá prestar apoio, caso necessário. As equipes vão atuar em área de cobertura indicada pelo comando da unidade operacional.

16 COMENTÁRIOS

  1. Excelente projeto, policial capacitado, apoiando o bairro onde moro, Realengo, vejo na sulacap tambem, o 14BPM está pondo seus homens na linha de frente, servir e proteger sempre! Realengo tem duas ruas que ainda precisam de mais policiamento, Rua Mal.Falcao da Frota esquina com Mal.Barbedo e Mal.Marciano. Parabéns a PMERJ.

  2. 18 BPM a rua retiro dos artistas no pechincha está entregue às baratas só tem política de segurança na Barra e recreio gostaria de saber porque.

  3. Fácil implantar esse projeto na Abelardo Bueno.
    Porque não coloca lo na Curicica?
    Estação de BRT Praça do bandolim?
    Assalto todos os dias, infelizmente…

  4. Sr Carlos, é necessário que o Sr reveja seus conceitos. Pois essa nobre instituição trabalha dia e noite em prol da segurança pública dessa cidade!
    E bonecões do posto, como vc sugere, não acredito que irão resolver o problema de segurança pública!
    Pois não trocam tiros, não atendem prioridades das mais diversas e etc…
    Quero salientar que se o Sr precisar, de apoio lembrará de Deus e depois da Polícia!
    Pois ela estará sempre disponível para servir e proteger!
    E quem não gosta da Polícia é bandido e quem esta devendo a justiça!!

  5. Polícia militar não quer saber de nada, só dindin. As coisas mais absurdas acontecem na caras deles e eles não estão aí pra nada. Se é pra visibilidade, melhor colocar uns bonecões do Posto uniformizados qu sai mais barato.

  6. Ja existe o Alerta Jardim Oceanico, o alerta Barra e Alerta Recreio, criado por um Sargento do 31BPM, Batalhão da área e como administrador uma moradora do bairro! Já tem uma tem enorme aceitação e repercussão.
    Por que implementar algo novo ? Pq não levam o projeto existente dos ALERTAS à frente? Já está pronto, só implementar!

  7. O Alerta Jardim Oceanico, alerta Barra e Alerta Recreio, criado por um Sargento do 31BPM e como administrador uma moradora do bairro tem enorme repercussão. Por que não levam o projeto à frente? Já está pronto, só implementar!

  8. Exmo. Sr Governador e Cmte da PMERJ, favor NÃO esquecer da Pavuna, Zona Norte, Região do Chapadão, Morro da Pedreira, Barros Filhos, Anchieta, Ricardo de Albuquerque, Acari, Coelho Neto, diga-se a região mais pobre e favelizada do RJ.
    Aqui também votamos, pagamos impostos, inclusive IPTU, parece mentira mas quem mora no asfalto paga IPTU . Se puder, quebra nosso galho, pois a violência abunda por aqui e a cada dia.vemos placa de ALUGO, VENDE-SE, pessoas de bem estão abandonando a região . Pedimos encarecidamente que olhe por nós, embora a maior parte dos recursos são destinados a Zona Sul, Barra e Recreio, mas como sempre, se sobrar alguma coisa, manda para cá por favor .

  9. Moro na Praça Ricardo Gonçalves próximo a um colégio municipal e em frente a minha casa já teve dois assaltos a mão armada em menos de uma semana, aqui também precisa de policiamento

  10. Sou morador de Realengo. Nas ruas: Cacau, José Miguel, Tiapira, Pirajura, César, Tenente Manuel Barbosa da Silva, Marechal Lopes de Oliveira e imediações há assaltos constantes. Essa madrugada adentraram uma casa e levaram diversos ítens. Há também os ladrões de celular que agem a luz do dia. Precisamos de um policiamento efetivo no local.

  11. Sou moradora de REALENGO a 49 anos moro nas imediações da Rua Piraquara/bandeira de mello e nós aqui sofremos frequentemente assaltos principalmente nos dias de culto na Assembleia de Deus alfa e ômega. Como faço para solicitar esse trabalho de vocês aqui?
    Quero também parabenizar aos comandante pelo belíssimo trabalho que Deus os abençoe.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui