‘Põe na Quentinha?’ faz grito de carnaval neste sábado na Lapa

Já é carnaval faz muito tempo, só ver que não falta evento na nossa agenda dos Bloquinhos do Rio em 2019, e olha que a RioTur nem liberou a agenda oficial ainda.  E neste sábado, 19/1, o Bloco carnavalesco e gastronômico ‘Põe na Quentinha?’ lança seu enredo para o carnaval 2019, a partir das 12h, no Baródromo, na Lapa. A roda de samba será comandada por Makley Matos e a Banda da Cozinha, com participações especiais.

O enredo escolhido, “Ajeum Irê – Comida de Re Existência”, é uma homenagem às origens ancestrais da comida brasileira. De origem africana, o termo é um agradecimento aos orixás pela benção do alimento e do comer coletivamente. O ato de se alimentar como um encontro de energias.

Makley Matos e a Banda da Cozinha comandam a festa e recebem como convidados a cantora Dorina, parceira de fundação do bloco, e o cantor macapaense Ton Rodrigues, vocalista da banda de carimbó Tribos do Norte.

Pao-do-OuvidorCada vez mais, o Shopping Paço do Ouvidor se fortalece como ponto de encontro no Centro do Rio.
Passa no Paço.

Na abertura do evento, o pesquisador e escritor Luiz Antonio Simas dará uma aula aberta sobre Carnaval, resistência cultural e o sentido ritual das comidas no axé. A artista plástica Luciana Nabuco vai apresentar a arte feita exclusivamente para a camiseta do bloco.

Para comer, será servida a já tradicional feijoada do Baródromo (R$25, o prato individual), entre outros pratos e petiscos, como bobó de camarão, bolinhos recheados, dadinhos de tapioca e caldo de feijão.

O desfile parado oficial do ‘Põe na Quentinha?’ acontece no dia 23 de fevereiro, sábado, em frente ao Cine Botequim, na Rua Conselheiro Saraiva, Centro.

Sobre o enredo (por Berg Silva, fundador do bloco):

O enredo vem saudar o encontro da gastronomia dos povos ancestrais que, para além do corpo, alimenta a alma com seus rituais, e da gastronomia popular/urbana, fruto da fusão de culturas mundiais na cidade moderna.

Do tacacá ao pastel, do caruru ao pão com linguiça, da cachaça ao chope: a comida é o combustível do carnaval, a festa que traz a comunhão do povo com a rua – o espaço sagrado da existência, da troca e do compartilhamento da vida.

No momento que o país atravessa um tsunami de conflitos, o Põe na Quentinha? propõe a união em torno de nossa mais perfeita tradução de festa. A comida e o carnaval de rua, reunindo em sua feira gastronômica, chefs, cozinheiros, garçons, comida de rua, comida de terreiro, comida de aldeia e comida de favela.

A comida que traz energia, felicidade, equilíbrio e harmonia, necessários para enfrentar a crise.

O ‘Põe na Quentinha?’ é um bloco do Carnaval de Rua do Rio de Janeiro que reúne as duas maiores paixões cariocas: o samba e a gastronomia. Lançado em 2014, o “Põe na quentinha?” levou para a folia carioca chefs, cozinheiros, auxiliares e profissionais de diversos bares e restaurantes da cidade, que brincam e vendem seus quitutes ao som de sambas e marchinhas. Em eventos gratuitos na rua, o bloco anima os foliões cariocas e turistas com barraquinhas de comidas e bebidas com o melhor da gastronomia da cidade.

Serviço:
Grito de Carnaval do ‘Põe na Quentinha?’
Sábado, 19 de janeiro
Horário: das 12h às 19h
Baródromo: Rua do Lavradio, 163 – Lapa. Tel.: 2504-5754
Entrada: R$10,00 (até às 14h e na lista amiga) e R$15 (a partir das 14h)
Contribuintes do financiamento coletivo – Entrada Franca

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here